PUBLICIDADE

'Shark Tank Brasil': Novos participantes prometem 'disputa por bons negócios' na 7ª temporada

Sétima temporada de reality show sobre empreendedorismo estreia no dia 25 de agosto no Sony Channel com a participação de Felipe Titto e Sandra Chayo

Por Sabrina Legramandi
Atualização:
A sétima temporada de 'Shark Tank Brasil' estreia no dia 25 de agosto no Sony Channel. Foto: Gustavo Arrais

Vem gente nova por aí. A sétima temporada de Shark Tank Brasil estreia no dia 25 de agosto com novidades e participantes que prometem uma "disputa por bons negócios". 

PUBLICIDADE

Sandra Chayo, sócia e diretora do Grupo Hope, e o ator e empresário Felipe Titto se unem a João Appolinário, fundador da Polishop, Caito Maia, fundador e CEO da Chilli Beans, Carol Paiffer, CEO da ATOM S/A, e José Carlos Semenzato, especialista no setor de franquias, para buscar e investir em empreendedores.

"Fomentar e dar bons exemplos já é incentivar a indústria do empreendedorismo. Só de assistir ao programa, a pessoa já vai se inspirar e vai fazer a coisa acontecer", comenta Sandra.

Ela, que participará pela primeira vez do Shark Tank, conta que ainda não sabe o que a espera, mas disse que será cautelosa na hora de escolher em quem investir.

"Eu sou bem criteriosa. A pessoa precisa ser muito apaixonada por o que ela faz, porque, só assim, ela vai conseguir me vender o 'pitch' dela", diz a empresária. 'Pitch' é a apresentação que os empreendedores precisam fazer no programa para convencer os jurados a investirem no seu negócio.

Felipe, por outro lado, confessa que está trabalhando para entender que não vai conseguir "abraçar o mundo". "Eu assisto ao programa. Eu não consigo ver o cara fazer o 'pitch' tremendo e não conseguir o aporte de ninguém, fico com vontade de falar 'leva a minha carteira, faz o que você quiser'", brinca.

O empresário acredita que o reality serve como um auxílio para aqueles que têm ótimas ideias, mas não sabem como dar o primeiro passo. "O programa vem para mostrar que é possível e que você não precisa esperar a hora certa para fazer acontecer", diz.

Publicidade

Os novos participantes acreditam que a relação com os outros 'sharks' será "100% amigável", mas não descartam uma competição. "Às vezes, existem negócios muito pequenos que realmente não comportam tantos 'sharks', a gente vai limitar o negócio em vez de fazer ele crescer", afirma Sandra.

Felipe conta que já conhecia a maioria dos participantes, que possui negócios com alguns deles e, inclusive, com Sandra. "É gente que fez de verdade, que tem resultado e que está disposta a fazer a coisa acontecer", diz.

A sétima temporada de Shark Tank Brasil possui 13 episódios que serão exibidos às quintas, às 21h30, no Sony Channel. A franquia é inspirada no reality japonês Dragons 'Den e já foi adaptada em mais de 40 países.

*Estagiária sob supervisão de Charlise de Morais

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.