PUBLICIDADE

LeBron agradece apoio após parada cardíaca do filho: ‘Nossa família está unida e saudável’

Astro do Los Angeles Lakers se manifesta nas redes após hospitalização do jovem Bronny James, de 18 anos

Por Estadão Conteúdo
Atualização:

LeBron James agradeceu nesta quinta-feira o apoio recebido após seu filho mais velho, Bronny, de 18 anos, sofrer uma parada cardíaca. A mensagem foi publicada pelo astro do Los Angeles Lakers nas redes sociais e não traz uma atualização clara sobre o estado de saúde do jovem, mas ele diz que sua família está “unida, segura e saudável”.

PUBLICIDADE

“Eu quero agradecer às inúmeras pessoas que enviaram amor e orações à minha família. Nós somos muito gratos. Todo mundo está ótimo. Nós temos nossa família unida, segura e saudável, e nós sentimos o amor de vocês. Nós iremos falar mais quando estivermos prontos, mas gostaria de dizer o quanto o apoio de vocês significa para nós”, escreveu o astro da NBA.

Bronny James sofreu uma parada cardíaca enquanto participava de um treinamento com sua equipe de basquete da Universidade do Sul da Califórnia (USC), na segunda-feira. Ele foi levado imediatamente ao hospital e está estável, fora da UTI, conforme informado por um porta-voz da família na terça-feira.

LeBron James ao lado do filho Bronny. Jovem de 18 anos foi socorrido após sofrer parada cardíaca, mas passa bem. Foto: Jay Laprete / Associated Press

Depois disso, não houve nenhuma outra manifestação oficial sobre o assunto até a publicação do texto de LeBron nesta quinta. O jovem de 18 anos deve continuar no hospital nos próximos dias para realizar uma série de exames, procedimento típico em casos como esse.

Bronny, de 1,91 metro, joga na posição de armador e tem gerado expectativa no mundo do basquete. Ele tinha a opção de jogar a G League, liga de desenvolvimento da NBA, nesta temporada, mas escolheu atuar na liga universitária (NCAA) pela USC, que o anunciou em maio deste ano. Antes, o jovem jogou pela Sierra Canyon High School, também da Califórnia, enquanto cursava o ensino médio.

O armador de 18 anos é cotado para o draft, processo de recrutamento de jovens talentos para a NBA, de 2024. O time que escolher Bronny para seu elenco pode ser também o destino de LeBron, que já comentou mais de uma vez sobre o sonho de jogar ao lado do filho. Seria a primeira vez que pai e filho jogam juntos na NBA.

Agora, a realização do objetivo dependerá do que os exames médicos após a parada cardíaca vão revelar sobre a saúde de Bronny, que tem um exemplo próximo de situação parecida. Shareef O’Neal, filho de Shaquile O’Neal e amigo de Bronny, também teve um problema cardíaco, em 2018, quando era uma estrela adolescente do basquete, e precisou passar por cirurgia. Ele não foi escolhido no draft de 2022, para o qual era elegível, e hoje joga a G League pelo Ignite.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.