PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Provas de rua de A a Z

Procuram-se mulheres com insônia para pesquisa

Unifesp convoca voluntárias para aferir a eficácia de meditação on-line

Foto do author Silvia Herrera
Por Silvia Herrera
Atualização:

Como está a qualidade do seu sono? Ruim? Ronlando de um lado para o outro na cama? Mulheres com insônia com idade entre 18 e 47 anos, que não estejam praticando algum tipo de meditação, que não tenham estado em tratamento psicológico nos últimos dois meses e que não estejam fazendo uso de medicação para insônia ou ansiedade podem se voluntariar para participar, gratuitamente, de pesquisa do Setor Sono na Mulher da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). O objetivo dessa pesquisa será avaliar se um programa de meditação on-line será eficaz na melhora de sintomas de insônia leve e moderada e ansiedade.

 Foto: Smartwach Polar Ignite 3/ Fonte: Polar

 

 

PUBLICIDADE

Durante a pesquisa  "Efeito de um programa de meditação on-line em mulheres com insônia" vão ser realizadas oito palestras sobre saúde emocional e técnicas de meditação. As pesquisadoras responsáveis  são Dra. Helena Hachul, orientadora; e Maria José Pereira de Morais, aluna de mestrado, ambas vinculadas ao departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo. O diagnóstico de insônia será confirmado em consulta gratuita com médicas do projeto especializadas em sono.

As voluntárias vão receber  os esclarecimentos necessários antes, durante e após a finalização da pesquisa, e  o nome das participantes não será divulgado, sendo mantido o mais rigoroso sigilo.  As informações serão obtidas através do preenchimento de uma ficha com dados pessoais e questionários, via  Google Forms. O tempo total de preenchimento é de cerca de 40 minutos: Link para participar da pesquisa: "Efeito de um programa de meditação on-line em mulheres com insônia"

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.