PUBLICIDADE

James Rodríguez é anunciado pelo São Paulo: ‘Camisa mais gloriosa e pesada do Brasil’

Meia-atacante de 32 anos estava sem clube desde que deixou o Olympiacos, da Grécia, em abril deste ano

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O São Paulo anunciou a contratação de James Rodríguez. O craque colombiano estava sem clube desde que deixou o Olympiacos, da Grécia, em abril deste ano. Aos 32 anos, será a primeira vez que James vai jogar no futebol brasileiro. O colombiano terá contrato até 30 de junho de 2025.

PUBLICIDADE

“É uma oportunidade muito grande para mim e minha família. É uma fase nova na minha vida. Estou muito feliz e com muitas sensações boas. Sou um cara que gosta de jogar em time grande, e o São Paulo é um time grande”, afirmou James.

No vídeo de anúncio, o próprio James Rodríguez narra (em português, idioma que ele é fluente) sobre o futebol ter o levado a diversos lugares. Ele destaca que um foi especial: o Brasil, sede da Copa do Mundo 2014. James foi artilheiro daquele mundial, com seis gols.

“Não poderia deixar de experimentar a sensação de vestir a camisa mais pesada e gloriosa deste lugar mágico. Coisas incríveis acontecem aqui, no Brasil.”, diz James no vídeo.

O Estadão apurou que a proposta apresentada para o jogador foi de dois anos de contrato e que o clube paulista não irá contar com a ajuda de investidores para pagar os salários do atleta, diferentemente de como fez com Daniel Alves, em 2019.

O melhor momento da carreira de James Rodríguez foi em 2014. Depois de uma excelente Copa do Mundo com a Colômbia, o meia saiu do Mônaco e chegou ao Real Madrid. Depois de três temporadas na Espanha, o colombiano foi emprestado para o Bayern de Munique e passou a sofrer com problemas físicos que o fizeram deixar de atuar em um grande número de partidas.

James viveu a melhor fase depois da Copa de 2014. Em 2022, ele não conseguiu levar a Colômbia ao Catar. Foto: Manaure Quintero (Reuters)

No primeiro ano vestindo a camisa do clube alemão, Rodriguez conseguiu jogar em 39 partidas e ajudou na conquista do campeonato nacional. A primeira temporada no Bayern de Munique foi a última vez que o colombiano entrou em campo pelo menos 35 vezes por uma equipe em uma temporada. O meia também passou por Real Madrid, Everton, Al Rayan e Olympicacos e o máximo que jogou foi 28 vezes em 2018/2019.

Publicidade

Em sua passagem pelo Everton, da Inglaterra, o meia da seleção da Colômbia chegou a atuar em 26 jogos e conviveu com problemas físicos. Em determinado momento daquela temporada, o técnico Rafa Benitez chegou a afirmar que não era possível contar com um atleta que não conseguia ter condição física de atuar com frequência.

No Olympiacos, seu último clube, apesar de jogar apenas 23 partidas em menos de uma temporada, o colombiano voltou a ser importante e participativo. No período em que esteve na Grécia, o meia participou de 11 gols e conseguiu ser relevante em campo com o time enquanto esteve no elenco.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.