PUBLICIDADE

Vini Jr. e Bellingham, favoritos à Bola de Ouro, sofrem com as seleções na Copa América e Euro

Brasileiro pode ser eliminado sem estar em campo e inglês ainda está devendo apesar de ter sido decisivo nas oitavas de final

PUBLICIDADE

Atualização:

Destaques do Real Madrid na última temporada, Vini Jr. e Jude Bellingham são os principais candidatos à Bola de Ouro, prêmio dado ao melhor jogador do mundo. Nas seleções, porém, a dupla tem deixado a desejar.

Sem Neymar, se recuperando de uma grave lesão no joelho esquerdo, Vini Jr. passou a ser “o cara” da seleção brasileira. Na Copa América, o camisa 7 ainda não foi o protagonista que todos esperavam.

Vini Jr. não faz uma boa Copa América pela seleção brasileira Foto: Godofredo A. Vásquez/AP

PUBLICIDADE

Apesar dos dois gols marcados diante do Paraguai, na 2ª rodada da fase grupos, Vini Jr. está deixando a desejar. Assim como o restante da seleção. O atacante teve atuações apagadas contra Costa Rica e Colômbia.

Vini Jr., inclusive, corre o risco de se despedir da Copa América sem estar em campo. Os dois cartões amarelos recebidos na fase de grupo tiraram o camisa 7 do jogo contra o Uruguai, no sábado, 6, pelas quartas de final.

Principal adversário de Vini Jr. na disputa pela Bola de Ouro, Jude Bellingham também está devendo com a camisa da Inglaterra na Eurocopa. Apesar dos seus lampejos terem colocado a seleção nas quartas de final.

Na estreia, Bellingham marcou o gol da vitória sobre a Sérvia. Após atuações apagadas contra Dinamarca e Eslovênia, o camisa 10 ia passando em branco diante da Eslováquia, até empatar o jogo com um golaço de bicicleta no último lance do 2º tempo. Na prorrogação, Harry Kane garantiu a classificação da Inglaterra às quartas de final, contra a Turquia. O duelo acontece no sábado, 6.

Em uma disputa equilibrada entre Vini Jr. e Bellingham, quem for mais longe com a seleção pode comemorar no dia 28 de outubro, quando acontece a premiação da Bola de Ouro.

Publicidade