Publicidade

Djokovic ganha em simples e nas duplas e time europeu abre 8 a 4 na Laver Cup

Sem entrar em quadra desde a final de Wimbledon, tenista sérvio jogou duas partidas seguidas e brilhou na competição

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação

Ex-número 1 do mundo, Novak Djokovic estreou na Laver Cup, na tarde deste domingo, com vitória tranquila diante do americano Frances Tiafoe por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/3. Mais tarde, nas duplas, ao lado do italiano Matteo Berrettini, derrotou Jack Rock e Alex de Minaur também por 2 a 0 (7/5 e 6/2).

As três vitórias do time europeu neste sábado fizeram com que o placar ficasse 8 a 4 contra o resto do mundo, que teve apenas um triunfo durante o dia, com Taylor Fritz.

Os tenistas Novak Djokovic e Matteo Berrettini, do Time Europa, ganharam a partida por 2 sets a 0 contra Jack Sock e Alex de Minaur, do Time Mundo.  Foto: Kin Cheung/AP Photo

PUBLICIDADE

O sérvio foi arrasador na simples, emplacou seis aces e totalizou 58 pontos. No primeiro set, Djokovic não tomou conhecimento do adversário e não perdeu nenhum ponto sacando, isso porque não entrava em quadra desde a final de Wimbledon.

O americano até deu indícios que poderia fazer frente ao sérvio, que não demorou para definir o set por 6 a 1, com apenas 22 minutos de partida. A derrota abalou Tiafoe, que demorou para se reencontrar no segundo set.

Djokovic abriu 2 a 0 logo de cara, mas o americano enfim reagiu e chegou a encostar no sérvio: 4 a 3. Mas o ex-número 1 do mundo estava com a partida encaminhada, controlou como quis e fechou o set por 6 a 3 para colocar o time europeu na frente do torneio.

Nas duplas, mesmo jogando duas partidas em sequência, Djokovic brilhou. Ao lado do italiano Matteo Berrettini, venceu Jack Rock e Alex de Minaur por 2 sets a 0. Após um primeiro set equilibrado, a dupla europeia fez valer o talento para fazer o triunfo com facilidade, abrindo grande vantagem frente ao time do resto do mundo.

O dia começou com vitória da equipe europeia com Matteo Berrettini, que sofreu para vencer o canadense Félix Auger-Aliassime por 2 sets a 1, parciais de 7/6 (13/11), 4/6 e 10/7, em 2h16 de partida.

Publicidade

O italiano tem retrospecto positivo contra o rival. Em cinco partidas, foram quatro vitórias, sendo uma na última edição da Laver Cup, no ano passado.

“Jogar contra o Félix é sempre uma batalha. Ele é um grande jogador. Eu tive que apresentar meu melhor tênis no tiebreak para vencer. Fico muito feliz porque não ganhei só por mim, mas pelo time”, falou Berrettini.

Mais tarde, o americano Taylor Fritz venceu o britânico Cameron Norrie, que substituiu Rafael Nadal, por 2 sets a 1, parciais de 6/1, 4/6 e 10/8.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.