Publicidade

Tênis: Com Rafael Matos, Brasil brilha nas duplas e despacha China na Copa Davis

Representantes do País não tomaram conhecimento dos rivais asiáticos e consolidaram triunfo por 4 a 0 em melhor de cinco jogos

PUBLICIDADE

Por Estadão Conteúdo
Atualização:

Com um triunfo nas duplas, o Brasil assegurou a vitória sobre a China por 4 a 0 na série melhor de cinco jogos, pelos playoffs do Grupo Mundial I da Copa Davis. O resultado, obtido no saibro do Costão do Santinho, em Florianópolis (SC), mantém o time brasileiro na busca pelo retorno à elite do tênis mundial.

A equipe nacional vai enfrentar agora um adversário do Grupo Mundial I, em setembro, para tentar a vaga nas Eliminatórias para a fase final da Davis em 2024. O futuro adversário será conhecido no dia 9 deste mês, em sorteio a ser realizado pela Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês).

Matheus Pucinelli foi um dos vencedores das simples na última sexta-, 4, e abriu caminho para classificação do Brasil. Foto: Eduardo Valente/AFP

PUBLICIDADE

Os tenistas brasileiros entraram em quadra neste sábado com boa vantagem, conquistada na sexta, quando Matheus Pucinelli e Thiago Monteiro venceram as partidas de simples. O time da casa só precisa, portanto, de um triunfo nas duplas para sacramentar a vitória no confronto e a classificação para a fase seguinte da disputa.

A parceria brasileira foi formada por Felipe Meligeni e Rafael Matos, que foi campeão da chave de duplas mistas no Aberto da Austrália, há menos de duas semanas. Eles venceram Jie Cui e Ze Zhang por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 6/3, em 1h19. Na sequência, já com o duelo resolvido, Gustavo Heide entrou em quadra para fazer jogo de simples com Rigele Te, mas o chinês abandonou após apenas três games.

“Sabíamos que éramos os favoritos, já que eles vieram sem os seus principais jogadores. A nossa equipe está de parabéns pelo empenho, foco e todo trabalho realizado durante a semana. Tínhamos o objetivo bem claro que era ganhar e saímos com a vitória”, comentou Matos, campeão em Melbourne ao lado de Luisa Stefani.

“Foi um jogo bem nervoso, bastante da minha parte no começo. Mesmo assim conseguimos colocar uma intensidade e fazer o nosso jogo sem ficar muito preocupado com que estava acontecendo fora. Estou muito contente e gostaria de agradecer a galera que veio torcer pela gente e que acompanhou pela TV. Jogar no Brasil é uma sensação diferente e muito boa”, afirmou Meligeni.

O capitão do Brasil, Jaime Oncins, também celebrou o triunfo contundente. “É sempre muito bom vencer um confronto dessa maneira. Fizemos bons dias de treinamento para chegarmos bem na sexta e no sábado e foi isso que aconteceu. A equipe lidou bem com a responsabilidade, com essa pressão a mais de ter que vencer e acabou dando tudo certo. Agora é esperar o sorteio para pensar no próximo confronto”, declarou.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.