Publicidade

Bottas lança calendário com fotos nu para apoiar pesquisas sobre câncer de próstata

Piloto da Aston Martin irá destinar parte dos ganhos com o projeto para instituições de combate à doença; em 2022, presenteou Lewis Hamilton com um quadro do tipo

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Em 2022, Valtteri Bottas viralizou nas redes com uma foto nu em um riacho na região do Colorado, nos Estados Unidos. Ele até presenteou o companheiro Lewis Hamilton com um quadro que registrava o momento. Um ano depois, o piloto finlandês da Alfa Romeo, 15º colocado da Fórmula 1, lançou um calendário com 13 fotos semelhantes e que será utilizado para financiar pesquisas do combate ao câncer de próstata.

PUBLICIDADE

“Você se lembra da foto do ano passado desse cara, pelado num rio em Aspen?” – cidade no Estado do Colorado – “Boas notícias: agora há 13 delas”, afirma o fotógrafo Paul Ripke, responsável pelos retratos, em vídeo divulgado nas redes sociais de Bottas. Aquela mencionada, que viralizou nas redes sociais e entregue a Lewis Hamilton, foi registrada por sua namorada Tiffany Cromwell, ciclista australiana, durante um passeio que realizaram nos EUA.

O calendário “Bottass 2024″ – trocadilho com o sobrenome do piloto e a gíria, em inglês, para bunda – custa 19,90 euros (R$ 105). Cinco desses euros serão revertidos, a cada peça vendida, para instituições que pesquisam o câncer de próstata e para o “Movember”, movimento voltado para a conscientização da saúde mental entre homens e cânceres testicular e de próstata.

Esta não é a primeira vez que Bottas utiliza suas fotos para conscientizar e promover a luta do combate ao câncer. Em 2022, o piloto decidiu comercializar cinco mil cópias da foto e reverteu os 50 mil euros (cerca de R$ 255 mil à época) arrecadados para uma instituição de caridade.

F-1

A Fórmula 1 retorna neste fim de semana para o GP de Las Vegas, em Nevada, nos Estados Unidos. Será a penúltima etapa da temporada, que já tem Max Verstappen e a Red Bull Racing como campeões mundiais de pilotos e construtores, respectivamente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.