PUBLICIDADE

Publicidade

Bruno Senna diz que Williams será forte no GP do Japão

Piloto está confiante, mas ressaltou que a instabilidade climática pode afetar o desempenho

PUBLICIDADE

Por AE
Atualização:

SUZUKA - O brasileiro Bruno Senna revelou otimismo para a disputa do GP do Japão de Fórmula 1, a 15ª etapa da temporada 2012, neste domingo, no circuito de Suzuka. Apesar de ressaltar que a instabilidade climática pode afetar o desempenho, o piloto avaliou que a Williams deve ser competitiva durante o fim de semana. "O tempo pode variar desde quente e ensolarado até chuva que para o treino de classificação. É sempre emocionante e temos potencial para sermos muito fortes", afirmou o brasileiro, que disputou o GP do Japão de 2010 e 2011, por Hispania e Renault, respectivamente, e não pontuou nessas provas. Sobrinho do tricampeão Ayrton Senna, que conquistou todos seus títulos mundiais em Suzuka, Bruno revelou que o circuito japonês é um dos seus preferidos no calendário da Fórmula 1. O brasileiro comparou a pista de Suzuka com o circuito de Spa-Francorchamps, que recebe o GP da Bélgica. "Estou realmente ansioso para o GP do Japão. É uma das minhas pistas favoritas da temporada, é muito rápido e fluido, mas bastante estreita em comparação com alguns dos outros circuitos que visitamos. Parece incrivelmente rápida e é um dos maiores desafios aos pilotos. Ela é semelhante a Spa-Francorchamps, por isso é uma pista para pilotos de verdade", disse. Bruno Senna ocupa a 16ª colocação no Mundial de Pilotos com 25 pontos após a realização de 14 corridas. No Japão, o brasileiro vai tentar se recuperar do abandono no GP de Cingapura.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.