PUBLICIDADE

Publicidade

Nascar ou UFC? Pilotos trocam socos após corrida nos EUA; veja vídeo

Ricky Stenhouse Jr. e Kyle Busch discordavam desde as primeiras voltas da prova, e o embate gerou confusão generalizada entre as equipes

PUBLICIDADE

Foto do author Milena Tomaz

Uma confusão generalizada tomou conta da All-Star Race da Nascar, em North Wilkesboro, nos Estados Unidos, no domingo. A briga foi protagonizada pelos pilotos norte-americanos Kyle Busch, da Richard Childress Racing, e Ricky Stenhouse Jr., da JTG Daugherty Racing, que começaram a discutir tão logo a prova acabou.

Os organizadores ainda estavam soltando os fogos em comemoração à vitória conquistada por Joey Logano na corrida quando Stenhouse acertou um soco no rosto de Busch. As equipes se envolveram para tentar separar a briga, no entanto, começou um “empurra-empurra” entre os grupos rivais. A confusão se dissipou conforme Busch saía. Veja no vídeo acima.

Ricky Stenhouse Jr. acerta soco em Kyle Busch após corrida festiva da Nascar nos Estados Unidos. Foto: Reprodução X/@Nascar

PUBLICIDADE

O embate entre os dois se iniciou ainda na pista. O carro de Busch recebeu um contato de Stenhouse na primeira volta e bateu na parede. O piloto da Richard Childress, então, decidiu retaliar e acertou a traseira do veículo do de Ricky Stenhouse, o que levou o atleta da JTG Daugherty a bater no muro e ter que deixar a prova.

Depois da corrida, Busch destacou a frustração por como as coisas aconteceram. “Na primeira volta, não temos nem temperatura na água do carro e já estamos destruindo um ao outro na (curva) 2″, disse ele à Fox Sports enquanto ia de encontro à sua equipe. “Estou cansado de ser atropelado por todo mundo. Mas é isso que todo mundo faz. Todo mundo atropela todo mundo para ultrapassar todo mundo”, complementou.

Ao chegar na área de sua equipe, Busch encontrou o adversário, que foi tirar satisfação. Stenhouse declarou que não bateu em Busch durante a corrida, mas o rival discordou. Stenhouse, então, acertou o soco no rosto do piloto.

“Kyle tentou me destruir nas (curvas) 3 e 4, e conseguiu nas (curvas) 1 e 2. Ele fez um péssimo trabalho na largada e depois ficou bravo com isso”, afirmou Ricky Stenhouse. A Nascar ainda não afirmou se haverá punição aos pilotos envolvidos na briga.

A All-Star Race em North Wilkesboro era uma prova festiva e não somou pontos para o campeonato, mas o vencedor Joey Logano embolsou um milhão de dólares, aproximadamente R$ 5,1 milhões. O segundo colocado foi Denny Hamlin, e Chris Buescher ficou na terceira posição.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.