PUBLICIDADE

Publicidade

Super Final da Stock Car: Zonta e Suzuki largam na frente em busca de ‘milagre’ contra Casagrande

Sétimo e quinto colocados, respectivamente, conquistam os melhores tempos no classificatório de Interlagos; em terceiro, líder da competição pode ser campeão já na primeira corrida neste domingo

Foto do author Murillo César Alves
Por Murillo César Alves
Atualização:

Na Super Final da Stock Car, Ricardo Zonta (RCM Motorsport), sétimo colocado, conquistou a pole position e ainda sonha com o título da principal competição de automobilismo do País. Ele fez o tempo de 1min41s437, e larga na frente da primeira corrida deste domingo, dia 17, no Autódromo de Interlagos. É a última etapa da temporada. Zonta vai ter a companhia do quinto colocado na classificação, Rafel Suzuki (Pole Motorsport), e do líder Gabriel Casagrande (A.Mattheis Vogel). Zonta está a 47 pontos da liderança, mas ainda pode ser campeão, matematicamente. Estarão em disputa 54 pontos.

PUBLICIDADE

Diferentemente da última etapa, em Cascavel, no Paraná, as condições climáticas de São Paulo não foram um desafio. Em Interlagos, no classificatório, o dia amanheceu ideal para os pilotos. Sem chuva e pista molhada, o sol e o bom clima tomou conta do autódromo.

Casagrande depende apenas de si e pode ser campeão logo na primeira corrida. Ele lidera a competição e pode conquistar seu segundo troféu – se sagrou campeão em 2021. Para isso, conta também com os tropeços de Felipe Fraga (eliminado no Q1) e Daniel Serra (no Q2), terceiro e segundo colocados na classificação da Stock Car. Foi também o mais rápido no primeiro treino livre na sexta-feira, com uma volta de 1min40s823. Serra terminou em 10º e Fraga, em 23º.

Ricardo Zonta larga na frente na Super Final da Stock Car em Interlagos. Foto: Divulgação/Stock Car

O paranaense soma 286 pontos, 16 à frente de Serra e 33 de vantagem para Fraga, que retornou à Stock Car nesta temporada. Para ser campeão, Casagrande precisa chegar à segunda corrida neste domingo com 25 pontos de vantagem para o vice-líder. Caso isso ocorra, já será campeão mesmo sem precisar correr no “melhor autódromo do País”, segundo o próprio piloto classifica ao Estadão.

Q1 sem surpresas e com favoritos no topo

No primeiro grupo do Q1, Bruno Baptista, da RCM Motorsport, logo dominou o classificatório nas primeiras voltas, à frente de Cacá Bueno, mas não conseguiu segurar sua vantagem até a entrada do segundo pelotão de pilotos no asfalto. Nos últimos minutos do primeiro treino classificatório, ficou a 0.076ms de Julio Campos, que registrou 1min41s275. Sem candidatos ao título no Q1, a emoção ficou reservada para o segundo grupo. Lucas Kohl, com 1min42s443, decepcionou no autódromo e foi o primeiro eliminado do Q1.

Com os sete candidatos ao título na pista, a troca e disputa de posições pela pole foi mais destacada. Rafael Suzuki foi o primeiro a saltar para o top-5 depois da primeira volta, acompanhado por Thiago Camilo, maior campeão da Stock Car, Ricardo Zonta, Gabriel Casagrande e Daniel Serra. Somente Rubens Barrichello e Felipe Fraga não conseguiram se classificar pelo Q2.

Na briga pelo melhor tempo, Daniel Serra repetiu o bom desempenho de Cascavel e foi para o Q2 à frente dos outros 14 pilotos. Com a melhor volta na marca de 1min41s070, liderou o top 5, acompanhado pelos demais candidatos ao título. Dos cinco melhores tempo, quatro eram dos postulantes a campeão – apenas Casagrande, com o sétimo melhor tempo, não foi para o Q2 entre os cinco. Na sexta-feira, o líder do campeonato registrou a melhor volta em Interlagos no treino livre.

Publicidade

A decepção ficou, além de Barrichello e Fraga, com Felipe Massa, que havia conquistado sua primeira vitória na Stock Car em Cascavel. Todos foram eliminados ainda no Q1.

Q2 com Camilo e Serra eliminados

No segundo momento dos pilotos na pista, somente Casagrande se manteve nas primeiras posições, mas foi acompanhados por Bruno Baptista e Julio Campos, que ‘roubaram’ a cena em Interlagos e um lugar entre os seis melhores para o Q3. O líder da competição ficou com o quinto melhor tempo antes do Q3. Ricardo Zonta, sétimo na classificação da Stock Car, liderou o grupo e fez a dobradinha da RCM Motorsport no Q2.

Apesar de não ter tido o melhor desempenho, Casagrande pôde comemorar depois de entrar no autódromo pela segunda vez. Daniel Serra, vice-líder, e Thiago Camilo foram eliminados no Q2 e ‘ajudaram’ o paranaense a ter a chance de se sagrar campeão já na primeira corrida de domingo. “A gente fez o que dava, o carro deu uma melhorada, mas não foi o suficiente”, disse o vice-líder depois da eliminação. Além dos citados, Suzuki também conquistou uma das vagas no Q3.

Zonta conquista a pole e ainda sonha em desbancar Casagrande

Suzuki foi o primeiro a deixar os boxes para o Q3. Na quinta colocação da Stock, ele manteve as esperanças de um ‘milagre’ para superar Casagrande. Antes do classificatório, 33 pontos separavam os pilotos. Julio Campos, Felipe e Bruno Baptista, sem nada a perder, se lançaram ao autódromo sem a pressão de buscar a pole, almejando o título da Stock Car. Em Cascavel, Bruno já havia largado na primeira colocação.

CONTiNUA APÓS PUBLICIDADE

Zonta repetiu o melhor tempo do Q2 e, acompanhado por Suzuki, busca um ‘milagre’ para ser campeão. O veterano da Stock Car conquistou a pole position em Interlagos, com um tempo de 1min41s437, desbancando Casagrande, que largará em terceiro na primeira corrida. Zonta chega a 239 pontos com o resultado, empata com Rubens Barrichello na classificação e fica a 47 pontos da liderança.

Confira o grid da Super Final da Stock Car

  1. Ricardo Zonta
  2. Rafael Suzuki
  3. Gabriel Casagrande
  4. Felipe Baptista
  5. Júlio Campos
  6. Bruno Baptista
  7. Thiago Camilo
  8. Daniel Serra
  9. Matías Rossi
  10. César Ramos
  11. Gianluca Petecof
  12. Lucas Foresti
  13. Átila Abreu
  14. Cacá Bueno
  15. Enzo Elias
  16. Digo Baptista
  17. Sérgio Ramalho
  18. Sérgio Jimenez
  19. Ricardo Maurício
  20. Rubens Barrichello
  21. Gui Salas
  22. Dudu Barrichello
  23. Marcos Gomes
  24. Nelsinho Piquet
  25. Denis Navarro
  26. Felipe Fraga
  27. Felipe Lapenna
  28. Allam Khodai
  29. Felipe Massa
  30. Tony Kanaa
  31. Lucas Kohl

Classificação da Stock Car (em destaque os candidatos ao título)

  • 1) Gabriel Casagrande, 286 pontos
  • 2) Daniel Serra, 271
  • 3) Felipe Fraga, 253
  • 4) Thiago Camilo, 250
  • 5) Rafael Suzuki, 243
  • 6) Rubens Barrichello, 239
  • 7) Ricardo Zonta, 239
  • 8) Ricardo Maurício, 208
  • 9) Felipe Baptista, 208
  • 10) Guilherme Salas, 206
  • 11) Gianluca Petecof, 205
  • 12) Felipe Massa, 193
  • 13) Cesar Ramos, 191
  • 14) Nelson Piquet Jr., 178
  • 15) Matías Rossi, 168
  • 16) Julio Campos, 157
  • 17) Átila Abreu, 152
  • 18) Bruno Baptista, 152
  • 19) Lucas Foresti, 151
  • 20) Gaetano Di Mauro, 149
  • 21) Dudu Barrichello, 136
  • 22) Allam Khodair, 120
  • 23) Cacá Bueno, 117
  • 24) Denis Navarro, 96
  • 25) Marcos Gomes, 85
  • 26) Enzo Elias, 68
  • 27) Sergio Jimenez, 64
  • 28) Rodrigo Baptista, 62
  • 29) Lucas Kohl, 43
  • 30) Tony Kanaan, 29
  • 31) Felipe Lapenna, 10
  • 32) Arthur Leist, 9
  • 33) Rafael Martins, 6
  • 34) Antônio Junqueira, 4
  • 35) Raphael Teixeira, 4
  • 36) Diego Nunes, 2
  • 37) Santiago Urrutia, 0

CORRIDA DE DOMINGO

Band mostra as duas corridas que encerram a temporada 2023 da Stock Car, com direito a conhecer o campeão. A primeira corrida está marcada para começar 14h30 (horário de Brasília). Na sequência, com posição invertida de largada, a prova 2 começa às 15h10.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.