PUBLICIDADE

Torcida da Ferrari exibe faixa em apoio a Massa no GP da Itália de F-1: ‘Campeão do mundo de 2008′

Etapa de Monza, neste fim de semana, conta com mensagens de apoio ao ex-piloto no alambrado

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Felipe Massa ganhou o apoio da fanática torcida italiana em sua busca pelo reconhecimento do título de 2008 da Fórmula 1. Nesta quinta-feira, torcedores da Ferrari exibiram faixa com a mensagem “Felipe Massa, campeão do mundo de 2008″ no alambrado do Circuito de Monza, que receberá o GP da Itália no fim de semana.

PUBLICIDADE

A faixa foi exibida por membros do Ferrari Club Caprino Bergamasco. E está fixada no alambrado logo em frente ao box do time italiano. A Ferrari não se manifestou sobre o banner.

A demonstração de apoio se refere à busca de Massa pelo reconhecimento do título do Mundial de Pilotos de 2008, quando foi vice-campeão. O inglês Lewis Hamilton faturou o título por apenas um ponto na tabela do campeonato.

Torcedores da Ferrari levam faixas ao GP de Monza em referência ao campeonato de 2008 da Fórmula 1. Foto: Ferrari Club Caprino Bergamasco

Aquela temporada ficou marcada pelo escândalo chamado “Cingapuragate”. No GP de Cingapura, o brasileiro Nelsinho Piquet causou uma batida de propósito, seguindo ordem do chefe da Renault, Flávio Briatore, para beneficiar seu companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso.

A batida bagunçou aquela corrida, prejudicando diretamente Massa, que era o líder do campeonato e caminhava para o seu primeiro título na F-1. Anos depois, o pai de Nelsinho veio a público para confirmar a ordem recebida pelo seu filho.

O assunto voltou à tona neste ano, quando Bernie Ecclestone, ex-chefão da F-1, admitiu que ficou sabendo sobre a ordem da Renault antes mesmo da revelação de Nelson Piquet, ainda em 2008. Pelas regras da categoria, os campeonatos não podem ter o resultado alterado após finalizados. Porém, a declaração de Ecclestone escancarou o fato de que aquele Mundial poderia ter seu resultado mudado ainda naquele ano.

Neste mês, Massa acionou a F-1 e a FIA na Justiça. O processo pede indenização às duas entidades em razão de um alegado “prejuízo milionário” que o brasileiro sofreu por não ter conquistado aquele título. Os líderes das entidades já foram informados sobre a abertura do processo, um movimento obrigatório quando a justiça inglesa é acionada.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.