PUBLICIDADE

Foto de líderes comunitários com Alexandre de Moraes é falsamente associada a organização criminosa

Imagem que circula no WhatsApp reproduz desinformação ao ligar ‘CPX’ ao PCC; letras são abreviação de ‘Complexo’, conjunto de favelas

Por Alessandra Monnerat

Uma foto do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes ao lado de líderes comunitários circula com a alegação falsa de que os três homens seriam “chefões do PCC”. Na realidade, quem aparece na foto é, da esquerda para a direita: o ativista Raull Santiago, do Coletivo Papo Reto; o presidente da Central Única das Favelas (Cufa), Preto Zezé; e o jornalista Rene Silva, do jornal Voz das Comunidades. Os quatro se encontraram no Itamaraty, em recepção após a cerimônia de posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Brasília.

Leitores pediram a checagem deste conteúdo pelo WhatsApp do Estadão Verifica, (11) 97683-7490.

Líderes comunitários usavam boné CPX em posse de Lula Foto: Reprodução

PUBLICIDADE

A foto circula no WhatsApp com legenda que afirma que Alexandre seria amigo de “chefões do PCC”. Na imagem, Rene Silva usa um boné escrito “CPX”. As letras foram falsamente associadas ao tráfico depois que Lula visitou o Complexo do Alemão durante a campanha eleitoral de 2022 e vestiu um boné com a inscrição. Na realidade, “CPX” é uma abreviação para “complexo”, palavra que designa um conjunto de favelas.

“Essa sigla não tem conexão nenhuma com facções criminosas ou significados relacionados ao crime. ‘CPX’ é uma abreviatura da palavra Complexo”, disse Rene ao Estadão Verifica em outubro de 2022. “De forma geral, as favelas do Rio de Janeiro possuem essa cultura de abreviar os nomes dos territórios. Na Penha, por exemplo, a abreviatura é ‘PH’, na Cidade de Deus é ‘CDD’ e no Pavão-Pavãozinho-Cantagalo é ‘PPG’ e por aí vai”, explicou.

Ao Estadão Verifica, Rene afirmou que conteúdos desinformativos sobre CPX continuam a circular com frequência. “É lamentável a gente ter que continuar a desmentir isso. Não é um assunto novo, foi muito falado em todos os jornais”, disse. “Pra gente é uma decepção muito grande. Só mostra como ainda tem preconceito no País”.

A foto com Alexandre foi publicada originalmente por Raull Santiago. Os quatro homens na imagem estavam no Itamaraty para uma recepção para autoridades e convidados após a cerimônia de posse de Lula. No Instagram, Raull publicou diversas fotos da ocasião, incluindo selfies com a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, e com a apresentadora de TV Fátima Bernardes.

O UOL Confere também publicou uma checagem sobre esse assunto.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.