PUBLICIDADE

Quartel do Exército no Paraná não foi pintado de vermelho em alusão ao comunismo

Prédio usa vermelho e branco desde 2005, quando passou a abrigar um batalhão de Cavalaria, representado por essas cores no Exército

Por Clarissa Pacheco

O que estão compartilhando: que o 5º Batalhão do Exército Brasileiro em Ponta Grossa (PR) está passando por reforma e a cor verde-oliva foi substituída pelo vermelho em alusão ao comunismo.

PUBLICIDADE

O Estadão Verifica investigou e concluiu que: é falso. O vídeo mostra a frente do Esquadrão de Comando da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada, na Avenida Visconde de Mauá, em Ponta Grossa, no Paraná, e tem essas cores desde 2005. O vermelho e o branco não são homenagem ao comunismo, e sim as cores adotadas pelo Exército Brasileiro em quarteis de Cavalaria, como o que aparece no vídeo.

O 5º Batalhão de Cavalaria Blindada de Ponta Grossa informou que aquele mesmo prédio já foi verde-oliva no passado, mas apenas antes de 2005, quando abrigava um quartel de Infantaria – este, sim, usa a cor verde como padrão.

 Foto: Reprodução

Saiba mais: O tenente-coronel Romão, chefe da Seção de Comunicação Social da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada de Ponta Grossa, explica que o prédio que aparece no vídeo abriga o Esquadrão de Comando da Cavalaria. Isso não tem nenhuma relação com comunismo, e sim com as cores-padrão usadas pelo Exército em cada tipo de instalação.

“No Exército, se você buscar quarteis similares, vai ver que a gente adota algumas cores”, disse o tenente-coronel. “O quartel de Infantaria é verde, o de Artilharia é azul, o Logístico normalmente é amarelo ou cinza, dependendo se é de alimentação ou de manutenção de viaturas. Mas o de Cavalaria, normalmente, a gente usa as cores vermelho e branco. Então, desde 2005, quando esse quartel passou a ser de Cavalaria, ele tem essas cores vermelho e branco”.

O Estadão Verifica não conseguiu localizar imagens de satélite do mesmo local quando ele era um quartel de Infantaria, mas há um registro de abril de 2022 no Google Earth Pro que mostra o quartel com a mesma pintura em vermelho e branco. Ou seja, não há qualquer relação entre a escolha das cores e o atual governo de Lula, como sugere o homem que gravou o vídeo.

Prédio que abriga o Esquadrão de Comando da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada de Ponta Grossa já aparece pintado de vermelho e branco em imagem do Google Earth Pro em abril de 2022 Foto: Reprodução/Google Earth Pro

Além disso, fotos na página oficial da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada no Facebook mostram as instalações nestas cores em outros anos, como nesta imagem comemorativa de 75 anos da 5ª Brigada, publicada em 2021.

Publicidade

Vermelho é a principal cor heráldica do Exército Brasileiro

O autor do vídeo não se identifica, mas diz ser um ex-combatente e lamenta que o verde-oliva, “que tanto tínhamos orgulho”, tenha sido substituído pelo vermelho do comunismo graças aos “ditadores que estão no poder” e aos “generais traidores do povo brasileiro”. O verde-oliva presente na farda, contudo, não é a única cor representativa do Exército Brasileiro, nem a principal.

Em 4 de julho de 1980, o Ministério da Defesa publicou uma portaria estabelecendo as normas para as insígnias de comando, chefia e direção do Exército. As cores heráldicas, ou seja, dos brasões, do Exército Brasileiro são vermelho e azul-celeste, sendo o vermelho a de maior importância, porque remete ao sangue derramado nos combates.

No brasão do Exército, o vermelho significa “nobreza, valentia, bravura, ousadia, esforço, valor, intrepidez, magnimidade, generosidade, honra, furor e vitória”, segundo a Portaria Ministerial 793, de 4 de julho de 1980. “Daí o privilégio do vermelho, como a cor de maior expressão de nobreza, a primeira dentre os esmaltes de Heráldica”, diz o texto da portaria. Já o azul remete ao céu e a fé: “O céu, invocado nas preces dos combatentes, é cor significativa de fé decidindo a sorte nas batalhas. É, por isso, o azul a segunda cor na ordem de importância”, completa a o texto da portaria. O verde, citado pelo autor do vídeo como cor que orgulha o Exército, significa “esperança, honra, precisão e possessão de fé”.

As outras cores usadas pelo Exército são amarelo, preto, cinza-aço e vinho. Essas cores aparecem nos brasões, nas figuras e nas cores adotadas em uniformes, como boinas, e nas instalações. Embora a portaria aponte apenas o branco como cor representativa da Cavalaria – e vermelho e branco da Saúde –, todas os padrões para insígnias de Cavalaria do Exército são, de fato, nas cores vermelho e branco.

Todas as insígnias de quartéis de Cavalaria do Exército Brasileiro adotam as cores vermelho e branco Foto: Reprodução/Exército Brasileiro
A segunda insígnia, na primeira coluna, de cima para baixo, representa um Esquadrão de Comando de Cavalaria Blindada, como o do prédio que aparece no vídeo Foto: Reprodução/Exército Brasileiro
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.