Brasil Telecom acelera teste de WiMax em SP

Rede de internet em alta velocidade tem alcance de até 10 quilômetros

Por Alberto Alerigi Jr. e da Reuters
Atualização:

A Brasil Telecom está concluindo testes e deve começar a operar "em breve" uma rede banda larga sem fio no padrão WiMax em São Paulo, Porto Alegre e Curitiba, ampliando a cobertura atual de cabos telefônicos, anunciou a operadora nesta quinta-feira, 4.   A companhia contratou a Alcatel-Lucent e a NEC para a montagem da infra-estrutura, e se aproveita das licenças da empresa de redes metropolitana Vant Telecomunicações, comprada em 2004 pela Brasil Telecom.   As licenças são para operar WiMax em 16 cidades dentro e fora da área de concessão da Brasil Telecom.   A tecnologia WiMax é capaz de cobrir grandes áreas com velocidades de transmissão de dados de até 20 megabits por segundo, de acordo com a Brasil Telecom.   Nos planos da operadora, o WiMax é complementar à atual rede telefônica, podendo atingir áreas em que a infra-estrutura de cabos ADSL ainda não chega. A companhia atende cerca de 1,3 mil municípios com ADSL e tem 1,65 milhão de assinantes.   Segundo a Alcatel-Lucent, a rede WiMax permitirá à operadora oferecer telefonia pela internet e aplicações multimídia, como transmissão de dados, vídeo e redes virtuais privadas para empresas.   Além dos testes WiMax, a Brasil Telecom iniciou em setembro piloto de banda larga sem fio via padrão de telefonia celular de terceira geração (3G).   Na terça-feira, 2, a operadora celular Claro anunciou que sua rede 3G está pronta e que aguarda apenas a definição do leilão de freqüências da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para poder operar. A licitação deve ocorrer ainda neste ano.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.