PUBLICIDADE

Como fugir das sugestões de filmes natalinos na Netflix? Veja dicas

É possível escapar dessas e de outras recomendações obsessivas dos serviços de streaming com poucos cliques

Por Shira Ovide
Atualização:

WASHINGTON POST - Talvez você esteja tentando apenas ver uma série de comédia, mas a Netflix continua recomendando que você assista a “Príncipe do Natal”. E se você tiver a personalidade do Grinch, mas o Prime Video o direcionar para filmes de Papai Noel? Ou se a sua obsessão de uma semana no YouTube por passeios na neve agora significa que você não consegue escapar desses vídeos toda vez que abre o aplicativo?

PUBLICIDADE

Boas notícias: nesses três serviços de vídeo populares, há botões de substituição para reduzir a probabilidade de recomendações de entretenimento que você não deseja. Eles não são infalíveis, mas são uma chance de um novo começo nas suas listas.

Muitos dos sites online que frequentamos dependem de sugestões automatizadas, inclusive nossas pesquisas na web, feeds de redes sociais, compras na Amazon e os vídeos que você vê no TikTok, YouTube, Netflix e outros.

As recomendações de streaming de vídeo são outro exemplo das glórias e das frustrações de ter nossas escolhas orientadas por computadores. Essas recomendações o ajudam a classificar milhões de opções. Elas também podem parecer manipuladoras ou incrivelmente ignorantes em relação ao que você realmente deseja.

A Netflix, o YouTube e o Prime Video, por exemplo, permitem certo controle sobre seus algoritmos de recomendação — para a felicidade de muitos. Abaixo, algumas dicas para redefinir as recomendações automáticas e escapar daquelas indicações de filmes de Natal que inundaram os serviços de streaming neste mês de dezembro.

Indicação de filmes natalinos, como o "Crônicas de Natal", estão por toda parte nos streamings de vídeo Foto: Joseph Lederer/Netflix

Netflix

A etapa mais direta para começar de novo com as recomendações é excluir todo ou parte do histórico da Netflix do que você assistiu. Faça login em sua conta por um navegador da web (o aplicativo tem opções limitadas e pode não oferecer as configurações).

No canto superior direito da tela, use o menu suspenso para clicar em “Conta”. Na seção “Perfil e Controle Parental”, selecione o perfil que deseja alterar e role até “O que foi assistido”. Clique em “Exibir”.

Publicidade

Você verá uma lista de tudo o que assistiu na Netflix. A partir daí, você pode clicar no círculo com uma barra para ocultar um determinado programa do seu histórico de exibição. Ou role até a parte inferior da página e clique em “Ocultar tudo”, que apaga o registro de tudo o que você assistiu. O que você ocultar não será usado para sugerir mais vídeos para você.

Se quiser mexer ainda mais nas suas recomendações, você também pode classificar os programas que adorou com um ícone duplo de polegar para cima ou um polegar para baixo para o que não gostou.

A Netflix disse que seu histórico de visualizações e suas classificações são os principais fatores que determinam o que a plataforma recomenda para você. As recomendações também são influenciadas pelos programas que você adiciona à sua lista, pelos trailers que você assiste e pelos lembretes que você define para os próximos lançamentos.

Se os hábitos de visualização de seu filho ou cônjuge estão arruinando sua tela inicial da Netflix, não se esqueça de configurar perfis para todos que assistem.

YouTube

PUBLICIDADE

No aplicativo do YouTube para smartphones, toque no ícone com a foto do usuário. Na tela seguinte, toque no ícone de configurações que se parece com uma engrenagem — ele pode variar de lugar se você estiver usando um iPhone ou um celular com Android. Depois, clique em “Gerenciar todo o histórico”.

Vão aparecer duas opções: você pode excluir vídeos individuais do seu histórico, o que é um fator no que o YouTube recomenda automaticamente que você assista. Você também pode excluir tudo do seu histórico ou apenas o que assistiu em um determinado dia ou outro período de tempo.

Você também pode desativar totalmente o histórico. O YouTube não recomendará vídeos com base no que você já viu antes — a plataforma, porém, pode ficar menos útil quando essa configuração está desativada.

Publicidade

O YouTube tem outras opções para ajustar suas recomendações de vídeo. A empresa também disse que, se você assistir e clicar em “curtir” no que você gosta, os computadores do YouTube entenderão a dica.

YouTube também permite mudar as configurações das recomendações de vídeo Foto: Lucy Nicholson/Reuters

Prime Video

Em um navegador da web, passe o mouse sobre seu perfil no canto superior direito. Selecione o menu “Conta” e, depois, “Configurações”.

Na lista horizontal de opções, selecione o “Histórico de exibição”. Você pode excluir filmes ou programas individuais dessa aba.

Além disso, quando a Amazon mostra o conjunto de vídeos que recomenda, você pode optar por “ocultar” um vídeo. Esse é outro sinal para os sistemas da Amazon de que você não deseja que esse vídeo ou algo semelhante seja recomendado.

Uma pequena vitória

Já que estamos falando de queixas “bobas” sobre serviços de streaming, também pode ser irritante quando vídeos com músicas estrondosas são reproduzidos assim que abrimos a Netflix. Você pode consertar isso!

Faça login em sua conta pelo navegador na internet. No canto superior direito da tela, use o menu suspenso para clicar em “Gerenciar perfis” e clique em uma das opções. Desmarque a caixa de seleção “Reproduzir automaticamente as prévias ao navegar em todos os aparelhos”. Clique em salvar.

Este conteúdo foi traduzido com o auxílio de ferramentas de Inteligência Artificial e revisado por nossa equipe editorial. Saiba mais em nossa Política de IA.

Publicidade

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.