PUBLICIDADE

Veja como acompanhar o trenó do Papai Noel em tempo real na véspera do Natal

Sabia que é possível ver ao vivo onde está o bom velhinho na noite de Natal?

Foto do author Alice Labate
Por Alice Labate

Imagina saber exatamente onde está o Papai Noel durante a distribuição dos presentes natalinos pelo mundo? Na era das tecnologias de monitoramento, rastrear em tempo real a jornada do trenó é bem simples: há dois sites que oferecem esse serviço.

PUBLICIDADE

O primeiro site para rastrear o Papai Noel é o Norad (Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte, em tradução livre). Tradicionalmente dedicado ao monitoramento do Papai Noel, o serviço exibe no mapa a localização em tempo real do trenó, apresentando também a quantidade de presentes já entregues. Durante esse acompanhamento, é possível ouvir músicas natalinas, disponíveis diretamente na página do site.

Nos EUA, o Norad até disponibiliza atualizações telefônicas na noite de Natal, então os interessados podem fazer perguntas sobre a localização do Papai Noel a um voluntário. No entanto, caso não seja possível falar com um voluntário, o interlocutor ouvirá uma gravação com a última atualização.

Outro portal, desenvolvido pelo Google, segue a mesma proposta do Norad. Ele exibe no mapa a localização ao vivo do Papai Noel e também destaca a vila do Bom Velhinho, no Polo Norte.

Saiba como rastrear o trenó do Papai Noel na noite de Natal Foto: REUTERS/Pawel Kopczynski

Além disso, é possível utilizar o Google Maps para visualizar a localização do Papai Noel e, inclusive, explorar imagens dos lugares por onde ele passa, por meio da opção Street View. Se tiver uma assistente eletrônica, como Google Home ou Alexa, você pode fazer perguntas sobre a localização do Papai Noel e receber atualizações em tempo real.

Ambos os sites apresentam uma contagem regressiva até a véspera de Natal, momento em que é possível observar o trenó do Papai Noel e suas renas partindo do Polo Norte, sobrevoando o mundo para entregar os aguardados presentes.

*Alice Labate é estagiária sob supervisão do editor Bruno Romani

Publicidade

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.