PUBLICIDADE

Deficientes visuais ganham recursos no Kindle

Novidades estão no aplicativo para iOS; a principal é que os livros podem ser lidos em voz alta por uma ferramenta

PUBLICIDADE

Por Camilo Rocha

Novidades estão no aplicativo para iOS; a principal é que os livros podem ser lidos em voz alta por uma ferramenta

 Foto:

PUBLICIDADE

SÃO PAULO – A Amazon anunciou recursos na nova versão do leitor Kindle para iOS (sistema operacional do iPhone e iPad) que prometem facilitar a leitura de cegos e deficientes visuais.

—- • Siga o ‘Link’ no Twitter, no Facebook, no Google+ no Tumblr e no Instagram

A principal novidade é que os mais de 1,8 milhão de livros da loja Kindle que podem ser acessados no iPhone ou iPad poderão agora ser lidos através da tecnologia VoiceOver, da Apple. A ferramenta lê em voz alta o conteúdo da tela.

Entre as ações disponíveis agora para usuários com deficiência visual estão: navegar dentro das páginas de um livro; organizar os livros na biblioteca do usuário; avançar ou retroceder no texto de um livro; acrescentar ou apagar notas, marcações e grifos; compartilhar conteúdo no Facebook e Twitter; procurar palavras no dicionário.

Outro recurso disponibilizado na versão com acessibilidade do Kindle é o ‘X-Ray’, que traz informações extras sobre o conteúdo de um livro, como personagens e lugares.

O recurso de acessibilidade do iOS das telas periféricas em braille agora também pode ser usado no Kindle.

Publicidade

O upgrade com as novidades está disponível a partir desta quarta-feira, 1. A Amazon promete uma versão para Android em breve.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.