WhatsApp testa proibir capturas de tela de fotos do perfil de usuários

Aplicativo quer impedir compartilhamento de conteúdo sem consentimento

PUBLICIDADE

Foto do author Guilherme Guerra
Por Guilherme Guerra

O WhatsApp está testando a possibilidade de proibir a captura de tela (print screen) das imagens de perfil dos usuários do app, de acordo com informações publicadas na terça-feira, 20, pelo site especializado WaBetaInfo, conhecido por antecipar recursos em testes pelo mensageiro e que, meses depois, vêm a público.

Na versão beta localizada pelo site, o app de mensagens impede que seja tirado o print screen da foto de perfil de outro usuário. Ao tentar realizar a tarefa, a seguinte mensagem aparece: “Não é possível tirar capturas de tela devido a restrições do aplicativo”.

WhatsApp é o aplicativo de mensagens da Meta, também dona do Facebook e Instagram Foto: Aleksei - stock.adobe.com

PUBLICIDADE

O recurso está em teste pelo app da Meta, que pode ou não colocá-lo a público nos próximos meses. Segundo o WaBetaInfo, o teste foi localizado em celulares Android que possuem a versão beta do WhatsApp.

Se posta em prática, a medida pode impedir o compartilhamento inautorizado de imagens de perfil no WhatsApp, em respeito à privacidade das pessoas. Ainda, o recurso pode conter golpes — frequentemente, criminosos salvam a foto do perfil do usuário para aplicar golpes de roubo de identidade, extorquindo amigos e parentes da vítima.

Ainda assim, a foto de perfil não está isenta de reprodução por terceiros. É possível, por exemplo, utilizar um segundo dispositivo (como outro smartphone ou câmera profissional) para tirar uma fotografia da imagem do perfil.

O teste ocorre cinco anos depois de o WhatsApp proibir que usuários salvem as imagens de perfil de outras pessoas.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.