PUBLICIDADE

Fórmula matemática descobre fotos retocadas

Os pesquisadores usam 450 cópias das imagens publicadas e aplicam critérios geométricos e fotométricos comuns

Por Agências
Atualização:

Os pesquisadores usam 450 cópias das imagens publicadas e aplicam critérios geométricos e fotométricos comuns

 

PUBLICIDADE

WASHINGTON – Um professor americano de Ciências da Informática criou com um aluno uma fórmula matemática para descobrir fotografias retocadas digitalmente, segundo publicou nesta segunda-feira, 28, a revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

—- • Siga o ‘Link’ no Twitter, no Facebook e no Google+

A alteração digital de fotos publicadas nos meios de comunicação gerou recentemente controvérsia, já que a Associação Médica Americana advertiu que podem contribuir para gerar expectativas pouco realistas da imagem corporal.

Para detectar essas imagens trucadas, o professor Farid Hany do Departamento de Ciências da Informática no Dartmouth College e seu aluno de doutorado Eric Kee projetaram um método que permite calcular com precisão em que medida foram retocadas.

Para calculá-lo primeiro recolheram mais de 450 fotos originais e as retocadas publicadas em meios de comunicação digitais e a partir daí estabeleceram oito critérios geométricos e fotométricos comuns a todas elas.

Posteriormente, combinaram todos os parâmetros em cada par de fotos, com o objetivo de determinar o grau no qual as imagens tinham sido manipuladas.

Publicidade

Além disso, perguntaram a mais de 350 pessoas que comparassem o mesmo par de fotos e as classificassem em uma escala de 1 (muito similar) a 5 (muito diferentes).

Os pesquisadores incorporaram estes resultados à fórmula para obter uma média de retoque por cada par de fotos.

Os efeitos adversos a longo prazo na saúde pública de retocar de maneira inadequada as imagens publicadas levaram alguns países a considerar a identificação obrigatória para as fotos retocadas.

Segundo os autores, além de como um método quantitativo para avaliar as alterações digitais de fotografias sua fórmula também pode servir como elemento de dissuasão contra o retoque extremo.

/ EFE

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.