PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Inovação e tecnologia no mundo das startups

Um guia para entender o mercado de startups brasileiro

Brazil Startup Report traça raio x do ecossistema de novas empresas de tecnologia no País

Por Ligia Aguilhar
Atualização:
 

Compreender o mercado de startups local e as regras complexas do País são um eterno desafio para investidores e empreendedores, especialmente os estangeiros.

PUBLICIDADE

::: Siga o Start no Twitter: @StartEstadao:::

O Brazil Startup Report, um guia recém-publicado na internet, traça um retrato fácil de entender sobre toda a história do ecossistema de tecnologia local e suas especificidades.

O relatório foi produzido por Diego Gomes, cofundador da Rock Content, que atua na área de marketing de conteúdo, e Drew Beaurline, cofundador da startup Construct LatAm, acelerada pelo Seed (e que já participou do programa de aceleradora americana TechStars) .

O projeto faz parte da World Startup Report, organização criada por Bower Gai, cofundador da CardMunch, startup vendida para o LinkedIn em 2011. Gai viajou durante 9 meses para 29 países e 36 cidades com o objetivo de entender o mercado de cada regiãoe identificar o que é necessário para criar uma startup no local.Com base nisso criou o World Startup Wiki, uma espécie de Wikipedia das startups que ainda está em fase beta, mas promete reunir informações valiosas sobre o funcionamento do mercado de startups de países do mundo todo.

Publicidade

Raio X O Brazil Startup Report traça um perfil macroeconômico do País, mostra a história do ecossistema de startups local e aponta nomes importantes para conhecer a acompanhar no mercado.

Também explica especificidades do País, como a burocracia, alta carga tributária, o costume de pagar compras online no boleto bancário e até a vagarosidade da internet móvel. Também destaca vantagens competitivas e oportunidades para empreender no País. A conclusão é que o Brasil combina características dos mercados de toda América do Sul e que, portanto, ao investir no Brasil, o empreendedor ou investidor tem maiores chances de se dar bem em outros mercados da América do Sul.

Confira a íntegra do relatório (em inglês).

:::LEIA TAMBÉM:::::Incubadora brasileira é eleita uma das melhores do mundo:: ::Canal Terceiro Turno mostra universo das startups no YouTube::::Startup ajuda viajante a encontrar hospedagem de graça pelo mundo::

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.