PUBLICIDADE

Testamos o novo feed de notícias do Facebook

Nova página de atualizações do Facebook dá mais espaço para o conteúdo visual, como fotos e vídeos compartilhados

PUBLICIDADE

Foto do author Anna Carolina Papp

Nova página de atualizações do Facebook dá mais espaço para o conteúdo visual, como fotos e vídeos compartilhados

PUBLICIDADE

SÃO PAULO – Na quinta-feira passada, 7, o Facebook anunciou em evento em sua sede em Menlo Park, Califórnia, um novo visual para seu feed de notícias – página inicial que exibe as principais atualizações dos amigos e páginas seguidas do usuário. A nova versão privilegia o conteúdo visual do site, sobretudo fotos, vídeos e mapas. Além disso, o site ganhou um mecanismo para que o usuário filtre as atualizações em categorias diferentes.

—- • Siga o ‘Link’ no Twitter, no Facebook, no Google+ no Tumblr e no Instagram

As mudanças devem chegar aos usuários nas próximas semanas. Interessados em testar o novo formato com antecedência deverão entrar na lista de espera. Outra novidade é que a rede social unificará a aparência de todos os seus aplicativos, que hoje diferem de acordo com a plataforma (web, smartphone e tablet).

 

Testei o novo formato em meu perfil pessoal. Apesar de um estranhamento inicial em relação à localização de certas ferramentas e à falta de uniformidade com a linha do tempo, Julie Zuho, diretora de design de produto do Facebook tinha razão:  dá a sensação de que o feed de notícias foi, de certa maneira, posto em ordem.

A valorização do conteúdo visual, além de dar destaque para as fotos, deixa outros tipos de atualizaçõesmais convidativas, como a publicação de notícias, cujas imagens agora saem do pequeno tamanho de ícone. As abas com diferentes filtros organizam as atualizações e incentivam o uso de listas – já disponíveis antes na rede social.

Confira as principais mudanças:

Publicidade

A página.A ‘home’ do site, página inicial do feed de notícias, ganhou nova cara, realocando algumas de suas ferramentas.A página agora está dividida em três colunas: a da esquerda aloca aplicativos, eventos, grupos e o chat; a da direita, o menu dos filtros de feed e histórias patrocinadas. No meio, a coluna maior exibe as publicações, agora em maior tamanho.

Layout lançado em 2013 pelo Facebook ‘não pegou’ entre usuários. FOTO: Reprodução  Foto:

A busca social se mantém na barra azul superior, juntamente com ícones de mensagens, solicitações de amizade, notificações e o controle de privacidade.

 Foto:

A coluna esquerda ficou muito semelhante à atual versão da rede social para smartphone, com uma lista corrida de ícones de grupos, aplicativos e eventos sobre um fundo mais escuro. Abaixo, o chat da rede social, que mudou de lado. No entanto, ao conversar com uma pessoa, a janela continua aparecendo no canto inferior direito.

Essa coluna de controle foi o que mais me causou estranhamento – e muito. Pode até ser mais prático ter os ícones de todas as suas aplicações, grupos e listas em um só lugar, juntamente com o chat, mas o visual fica um pouco destoante do resto da página. No celular, essa parte só aparece mediante o deslize da tela principal com o dedo, e é justamente essa a vontade que dá: fazer esse cantinho sumir e só ser acionado quando formos precisar dele, passando o mouse por cima de algum ícone, por exemplo.

PUBLICIDADE

O “ticker”, pequeno feed de ações (“Fulano curtiu a foto de beltrano”), também mudou de lugar: foi do canto direito superior para o canto esquerdo inferior, logo abaixo do chat, dando lugar ao menu das abas filtradas do feed. Agora, porém, só aparece uma atualização por vez – que fica praticamente invisível e se perde no chat; inutilizando, na prática, a função.

Imagens. Se a realocação das ferramentas e o atalho de aplicações me desagradou, o feed em si realmente tornou a tarefa de navegar pelas publicações e histórias compartilhadas mais agradável. O visual fica mais limpo e organizado, e as fotos e vídeos com tamanho em destaque deixam a página mais colorida.

 Foto:

As fotos de perfil também ficaram maiores na página. Para mim, no entanto, a mudança mais significativa foi no tamanho de imagens em notícias compartilhadas. Tais fotos, que antes eram bem pequenas, quase icônicas, agora ganham mais destaque, deixando a notícia mais convidativa ao clique mesmo sem a postagem de fotos.

Publicidade

 Foto:

Quando o link é compartilhado por mais de uma pessoa do seu relacionamento na rede social, as fotos de perfil dos usuários aparecem à esquerda da publicação, sendo possível alternar de um para o outro para ver o que cada um escreveu sobre o vídeo/aplicativo/texto.

 Foto:
 

Filtros. Por mais que o feed pareça mais limpo com a mudança visual, é uma questão mais cosmética, sem mexer muito com a funcionalidade. O que deixa o novo formato mais funcional é a possibilidade de ver diferentes feeds de atualizações mediante o filtro desejado.

Em um menu na parte superior direita, o usuário poderá escolher qual tipo de conteúdo quer ver. “Todos os amigos”, por exemplo, mostra todo o conteúdo que seus amigos estão compartilhando. A aba “Fotos” mostra um feed de notícias apenas com fotos de seus amigos e páginas que o usuário curtiu.

Já “Música” traz atualizações com publicações sobre artistas e bandas e músicas que você ou seus amigos escutam. Na aba “Seguindo”, será possível acompanhar as publicações mais recentes sobre as páginas e pessoas que o usuário segue em ordem cronológica. Há ainda outros filtros, como jogos e grupos.

 

Para mim, o menu de filtros é a ferramenta que mais agregou à nova versão. É interessante ver um feed apenas de fotos, só de música, só de grupos ou só de página que você segue. Na aba “seguindo”, por exemplo, é possível ver as três publicações mais compartilhadas de alguns veículos, o que é bem interessante.

Muitas dessas opções já estavam disponíveis antes por meio das listas; mas, com o menu em posição mais visível, tendemos a alternar a navegação por feeds diferentes com mais frequência e de forma mais orgânica e natural.

Uniforme. O feed de notícias mudou, mas a linha do tempo não. Alternar as duas páginas dá uma sensação quebra, uma vez que o formato, os tamanhos e até as fontes de texto são diferentes.

Publicidade

O novo visual do feed deixou a linha do tempo parecendo desatualizada, uma vez que não há uniformidade nos formatos. O Facebook já vem testando uma nova versão de linha do tempo na Nova Zelândia, mas ainda não se sabe como será de fato e nem quando chegará a todos os usuários.

A empresa afirmou que um dos trunfos do novo feed é a mesma aparência da rede social em todas as plataformas. No entanto, a mudança, que chega aos poucos aos usuários, ainda é restrita à web. Resta saber com o formato se comportará no mobile, cuja atual versão é lenta e pouco funcional.

O novo feed de notícias, por fim, não é um divisor de águas. Não traz algo realmente logo, como a busca social, engenhosa categorização de boa parte do conteúdo presente no site de um modo assustadoramente preciso. O destaque em imagens e os novos filtros e listas amenizam aquela sensação de um feed abarrotado de notícias e atualizações, deixando-o sim mais organizado, funcional e, de fato, bonito.

Mas se Zuckerberg afirmou que quer que o site seja “o melhor jornal personalizado do mundo”, creio que ainda há um bom caminho a ser percorrido.

—-Leia mais: • Facebook anuncia novo feed mais visual • Testamos a busca social do Facebook

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.