Ela largou carreira para cuidar do filho autista e hoje fatura R$ 1,8 mi com cafeteria instagramável

A Love For Sweet, de Barueri (SP), tem predominância da cor rosa e é inspirada em cafés de Paris; a empresa virou franquia e tem expansão prevista de 20 lojas para 2024

Por Mirella Joels

Quando Ariele Barreto, 35 anos, foi mãe pela segunda vez, em 2013, ela ainda trabalhava na área de Recursos Humanos e nem imaginava que em breve mudaria de profissão. Durante uma pausa de carreira para se dedicar à maternidade, a baiana de Juazeiro se apaixonou por uma confeitaria em São Paulo.

PUBLICIDADE

Alguns anos depois, abriu sua própria empresa e faturou R$ 1,8 milhão em 2022 com a Love For Sweet, um modelo de negócio 6 em 1, que reúne os segmentos de confeitaria, chocolateria, cafeteria, salgaderia, boulangerie e sorveteria.

O nascimento de Davi foi um divisor de águas na vida pessoal e profissional da futura empreendedora. Ela largou a profissão de RH para se dedicar à maternidade quando o filho foi diagnosticado com autismo. Nesse período em que pausou a carreira para cuidar de Davi e das terapias que ele fazia, ela conta que também encontrou a própria “terapia”: fazer doces.

O suporte do filho foi indispensável para que ela percebesse que tinha uma oportunidade valiosa em suas mãos: “Mamãe, o seu brigadeiro é o melhor do mundo”, disse o pequeno quando começou a falar aos 5 anos.

Foi assim que Ariele percebeu que estava no caminho certo e passou a investir em cursos e outras especializações, principalmente em culinária francesa, uma de suas paixões.

A empreendedora Ariele Barreto e sua receita de Red Velvet, um dos produtos mais vendidos da Love For Sweet Foto: Divulgação/Agência Magnifict

Produção de doces começou em casa

“A Love For Sweet nasceu de um gesto de amor passado de mãe para filho”, conta a confeiteira que iniciou a produção de doces em 2015, de forma caseira no condomínio em que morava.

Em pouco tempo, ela já contratou quatro funcionárias nos fins de semana para ajudar a produzir encomendas para festas. A primeira loja física da marca foi aberta no final de 2020, em Barueri (SP), e teve como carro-chefe o delivery durante o período de lockdown.

Publicidade

Atualmente, a empresa já conta com duas franquias, uma na Lapa e outra no Itaim Bibi, bairros de São Paulo.

Doceria instagramável inspirada em cafés de Paris

Segundo ela, o ambiente da doceria é pensado para despertar aconchego e afeto, desde os detalhes em rosa e floral, até o cardápio com mais de 100 receitas idealizadas por ela.

O visual instagramável da loja é inspirado em cafeterias parisienses e alguns dos pratos mais vendidos são internacionalmente conhecidos, como o bolo red velvet e os coloridos macarons.

A loja Love For Sweet é inspirada em Paris e conta com diversos cenários instagramáveis Foto: Divulgação/Agência Magnifict

Expansão prevista para 2024

A marca tem perspectiva de abrir 20 lojas em 2024. Cinco dessas novas unidades franqueadas devem ser ser abertas até março, diz a empreendedora.

Duas delas são de fora de São Paulo. De acordo com Ariele, o investimento para abrir uma franquia é de R$ 515 mil. O faturamento mensal é de R$ 120 mil, e o lucro é em torno de 10% a 18% do faturamento, segundo a empresa. O ponto de equilíbrio é atingido em 4 meses, afirma a empresária.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.