PUBLICIDADE

'A Petrobras não vai parar', diz ministro Cardozo

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou neste sábado, 15, que conversou com a presidente Dilma Rousseff na manhã de sexta-feira, 14, para repassar os dados da operação Lava Jato, e a orientação da presidente foi de zelar para que tudo seja esclarecido.Cardozo disse ainda que pretende conversar com a presidente da Petrobras, Graça Foster, para definir como a empresa atuará em relação aos contratos que estão sob suspeita. O ministro disse, no entanto, que a "Petrobras não parará". Ele lembrou que os demais contratos, não envolvidos na investigação, devem seguir.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.