PUBLICIDADE

Lista de deputados confirmados no ato na Paulista pela equipe de Bolsonaro tem 49 nomes; veja

Aliados do ex-presidente na Câmara confirmaram presença à equipe dele; ato foi organizado após operação da Polícia Federal que investiga Bolsonaro e aliados por articularem tentativa de golpe de Estado

Foto do author Karina Ferreira
Por Karina Ferreira
Atualização:
Correção:

Alvo da Operação Tempus Veritatis, que investiga a articulação de um golpe de Estado, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) conta com a presença confirmada de 49 deputados federais em ato organizado por ele para se defender das acusações. A lista foi enviada ao Estadão pela equipe de Bolsonaro nesta sexta-feira, 16, e circula em grupos bolsonaristas com a etiqueta de “encaminhada com frequência”.

A manifestação encabeçada pelo ex-presidente e por seus aliados, o pastor evangélico Silas Malafaia, o ex-ministro da Secretaria da Comunicação Social da Presidência (Secom) e advogado do ex-presidente, Fábio Wajngarten, e o deputado federal Zucco (PL-RS), está marcada para domingo, 25 de fevereiro, na Avenida Paulista.

O ex-presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) em 2023 Foto: Felipe Rau/Estadão

A lista vai até o número 50, porém, o deputado federal Gustavo Gayer (PL-GO) aparece na contagem duas vezes. O grupo também faz questão de não escrever o número 13, referência à legenda de seu oponente, o presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Por isso, a deputada Carla Zambelli (PL-SP) ocupa a posição “12+1″ da lista de presença original. Confira quem são os deputados que estarão no ato, em ordem alfabética:

  1. Abilio Brunini (PL-MT)
  2. Alberto Cavalcante Neto (PL-AM)
  3. Altineu Côrtes (PL-RJ)
  4. Amália Barros (PL-MT)
  5. André Fernandes (PL-CE)
  6. Cabo Gilberto Silva (PL-PB)
  7. Capitão Alden (PL-BA)
  8. Capitão Augusto (PL-SP)
  9. Carla Zambelli (PL-SP)
  10. Carlos Jordy (PL-RJ)
  11. Coronel Assis (União-MT)
  12. Coronel Fernanda (PL-MT)
  13. Coronel Meira (PL-PE)
  14. Coronel Telhada (PP-SP)
  15. Delegado Alexandre Ramagem (PL-RJ)
  16. Delegado Caveira (PL-PA)
  17. Éder Mauro (PL-PA)
  18. Evair de Melo (PP-ES)
  19. Fernando Rodolfo (PL-PE)
  20. General Girão (PL-RN)
  21. Gilvan da Federal (PL-ES)
  22. Gustavo Gayer (PL-GO)
  23. Jefferson Campos (PL-SP)
  24. Joaquim Passarinho (PL-PA)
  25. José Medeiros (PL-MT)
  26. Luciano Galego (PL-MA)
  27. Luiz Lima (PL-RJ)
  28. Marcelo Moraes (PL-RS)
  29. Mario Frias (PL-SP)
  30. Mauricio Marcon (Pode-RS)
  31. Messias Donato (Republicanos-ES)
  32. Nicoletti (União-RR)
  33. Pastor Marco Feliciano (PL-SP)
  34. Paulo Bilynskyj (PL-SP)
  35. Pedro Lupion (PP-PR)
  36. Ricardo Salles (PL-SP)
  37. Roberta Roma (PL-BA)
  38. Rodolfo Nogueira (PL-MS)
  39. Rodrigo Valadares (União-SE)
  40. Rosana Valle (PL-SP)
  41. Sanderson (PL-RS)
  42. Sargento Fahur (PSD-PR)
  43. Sargento Gonçalves (PL-RN)
  44. Sílvia Waiãpi (PL-AP)
  45. Silvio Antonio (PL-MA)
  46. Sóstenes Cavalcante (PL-RJ)
  47. Vicentinho Júnior (PP-TO)
  48. Zé Vitor (PL-MG)
  49. Zucco (PL-RS)

Outros deputados federais confirmaram presença quando questionados pelo Estadão, mas não constam na lista da equipe de Bolsonaro que circula pelos grupos de WhatsApp. São eles: Nikolas Ferreira (PL-MG), Bia Kicis (PL-DF), Hélio Lopes (PL-RJ), Julia Zanatta (PL-SC), Marcos Pollon (PL-MS) e Giovani Cherini (PL-RS).

Eduardo Pazuello ao lado de Jair Bolsonaro em ato no Rio de Janeiro em 2021 Foto: Wilton Júnior/Estadão

Nesta quinta-feira, 15, após reunião com Bolsonaro, Malafaia disse que a manifestação “vai além” do ex-presidente e é “em favor a liberdade de todo povo brasileiro”. O aliado do ex-presidente vai fornecer um trio elétrico para os discursos.

PUBLICIDADE

Além dos deputados, outros aliados do ex-presidente confirmaram ao Estadão que vão ao ato, como o senador Ciro Nogueira (PP-PI), que foi ministro da Casa Civil na gestão de Bolsonaro e outros dois ex-ministros que agora são senadores, Jorge Seif (PL-SC) e Marcos Pontes (PL-SP). Também estarão presentes o senador Magno Malta (PL-ES) e do líder do PL no Senado, Carlos Portinho (RJ).

Os governadores Tarcísio de Freitas (Republicanos), de São Paulo, e Ronado Caiado (União Brasil), de Goiás, também já confirmaram participação na manifestação na Paulista. O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), que deve ter o apoio do ex-presidente para a reeleição, também afirmou que vai ao ato.

A lista de ausências, por sua vez, tem a ex-ministra da Mulher e atual senadora pelo Distrito Federal Damares Alves (Republicanos), que disse ter agendas oficiais para o dia da manifestação e que não pode desmarcar os compromissos.

Correções

A primeira versão deste texto informava de forma incorreta o partido do deputado federal Zucco. O parlamentar é filiado ao PL. O texto foi corrigido.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.