Foto do(a) blog

Notícias e artigos do mundo do Direito: a rotina da Polícia, Ministério Público e Tribunais

Moraes atende PGR e autoriza depoimento de executivos do X

Ministro do Supremo Tribunal Federal Afirmou que esclarecimentos vão ajudar a Procuradoria-Geral da República a ‘melhor avaliar’ o caso

PUBLICIDADE

Foto do author Rayssa Motta
Por Rayssa Motta
Atualização:

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu ao pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e autorizou o depoimento de executivos da rede social X à Polícia Federal.

PUBLICIDADE

Eles serão ouvidos sobre a promessa do empresário Elon Musk, dono da empresa, de liberar contas suspensas por ordem do STF.

A PGR quer saber se algum bloqueio determinado judicialmente foi de fato levantado e, em caso afirmativo, quem deu a ordem e quais contas foram reativadas.

Em sua decisão, Moraes afirmou que os depoimentos são necessários para que a PGR possa “melhor avaliar a situação do inquérito”.

“Impõe-se o deferimento das medidas pleiteadas, haja vista que estão em conformidade com a investigação determinada para os fins da instauração de Inquérito, que objetiva apurar as condutas de Elon Musk”, escreveu.

Publicidade

Moraes atendeu ao pedido da PGR e autorizou depoimentos de executivos do X. Foto: Wilton Junior

O ministro já havia negado um um pedido do X no Brasil para não ser punido caso a plataforma descumpra alguma decisão. Os representantes legais alegam que não têm ingerência sobre as notificações judiciais e que a palavra final cabe às sedes nos Estados Unidos e na Irlanda.

A Polícia Federal abriu uma investigação sobre as declarações de Elon Musk e apura se o bilionário cometeu crime, como obstrução de justiça e incitação ao crime.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.