Foto do(a) blog

Notícias e artigos do mundo do Direito: a rotina da Polícia, Ministério Público e Tribunais

PF apreende arsenal com empresário de MS investigado por financiar atos golpistas

11.ª fase da Operação Lesa Pátria cumpre 22 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal

PUBLICIDADE

Por Rayssa Motta
Atualização:
Armas apreendidas na Operação Lesa Pátria Foto: Reprodução

A Polícia Federal (PF) apreendeu um arsenal de armas e munições nesta quinta-feira, 11, na casa de um empresário investigado por financiar os atos golpistas do dia 8 de janeiro.

PUBLICIDADE

Os policiais encontraram cinco armas e dezenas de munições. A apreensão foi feita em Maracaju, cidade de 48 mil habitantes em Mato Grosso do Sul que fica a 160 quilômetros da capital Campo Grande.

O suspeito é Adoilto Fernandes Coronel. O empresário já havia sido apontado como financiador dos protestos golpistas pela Advocacia-Geral da União (AGU). Ele é segundo secretário na Associação Empresarial de Maracaju.

O mandado de busca e apreensão foi expedido pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), na 11.ª fase da Operação Lesa Pátria.

A PF mira nesta etapa possíveis financiadores dos atos golpistas. A lista inclui empresários e produtores rurais. O STF também autorizou o bloqueio de bens e valores dos investigadores até o limite de R$ 40 milhões.

Publicidade

COM A PALAVRA, A DEFESA

A reportagem do Estadão busca contato com Adoilto Fernandes Coronel. O blog fez contato no trabalho e na associação onde ele é secretário, sem sucesso. O espaço está aberto para manifestação (rayssa.motta@estadao.com).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.