PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Notícias e artigos do mundo do Direito: a rotina da Polícia, Ministério Público e Tribunais

PF faz buscas em quatro endereços de suspeitos de invasão do X de Janja

Mandados de busca e apreensão cumpridos em Minas Gerais foram expedidos pelo Supremo Tribunal Federal

Foto do author Rayssa Motta
Foto do author Fausto Macedo
Por Rayssa Motta e Fausto Macedo
Atualização:
Conta da primeira-dama no X foi invadida por hacker. Foto: Wilton Junior/Estadão

A Polícia Federal (PF) cumpriu nesta terça-feira, 12, quatro mandados de busca e apreensão na recém-aberta investigação sobre o ataque hacker ao perfil da primeira-dama Rosangela da Silva, a Janja, no X (antigo Twitter).

PUBLICIDADE

Os policiais estiveram em endereços ligados a suspeitos em Minas Gerais. Os mandados foram expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A conta da primeira-dama foi invadida na noite de ontem. Os hackers postaram mensagens misóginas e ofensas à própria Janja, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ao ministro do STF Alexandre de Moraes.

Entre postagens ofensivas, invasor disse que Lula e Janja não se importam com ele. Foto: Divulgação

O perfil de Janja, que tem mais de 1,2 milhão de seguidores, está indisponível. A conta foi bloqueada a pedido da Polícia Federal.

Publicidade

O material apreendido pela PF inclui computadores e celulares. Os aparelhos vão passar por perícia nos próximos dias. Um dos objetivos é verificar se outras pessoas participaram do planejamento do ataque hacker ao perfil da primeira-dama.

Os ataques foram classificados como “machistas e criminosos” por Janja. “O ódio, a intolerância e a misoginia precisam ser combatidos, e os responsáveis, punidos.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.