PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Notícias e artigos do mundo do Direito: a rotina da Polícia, Ministério Público e Tribunais

PF prende líder indígena no Amazonas por suspeita de estupro e coação de testemunhas

Agentes da Operação Yaucacy localizaram investigado nesta quarta, 10, em uma aldeia no município de Autazes, a 110 quilômetros de Manaus

Foto do author Redação
Por Redação
Autazes, a 110 quilômetros de Manaus Foto: Google Street View

A Polícia Federal abriu nesta quarta-feira, 10, a Operação Yaucacy para prender temporariamente um líder indígena por suposto abuso sexual de crianças. A detenção foi realizada em uma aldeia no município de Autazes, no Amazonas, por cerca de 20 agentes da PF.

PUBLICIDADE

Autazes, com cerca de 40 mil habitantes, fica a 110 quilômetros de Manaus.

A investigação foi aberta após denúncia enviada pelo Ministério Público Federal que põe sob suspeita o indígena. A apuração se debruça sobre supostos crimes de estupro de vulnerável, abuso de poder, coação de vítimas e cerceamento de direito básicos de indígenas de sua mesma comunidade.

Segundo a PF, o líder indígena pode responder pelo cometimento de tais crimes, cujas penas ultrapassam 30 anos de prisão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.