Foto do(a) blog

Notícias e artigos do mundo do Direito: a rotina da Polícia, Ministério Público e Tribunais

Prefeitura de cidade no Acre com 19 mil habitantes decide comprar 187 mil coxinhas e pasteis

Gestão Jailson Amorim (PROS), do município de Rodrigues Alves, a 600 quilômetros de Rio Branco, fronteira com o Peru, vai gastar R$ 181 mil em aquisição que inclui 7,5 mil cachorros-quentes, doces, sucos e refrigerantes para ‘eventos’

PUBLICIDADE

Foto do author Pepita Ortega
Por Pepita Ortega
A cidade de Rodrigues Alves fica a 626 km de Rio Branco ( Foto: Rafael Dias/Ascom Deracre)

A prefeitura de Rodrigues Alves, município do Acre localizado a cerca de 600 quilômetros da capital Rio Branco, na fronteira com o Peru, homologou uma licitação para a compra de mais de dez salgadinhos, fritos e assados, e outros quitutes para cada um de seus 19 mil habitantes. Ao todo, foram encomendados 187 mil pastéis, coxinhas e bolinhas de queijo para os rodriguesalvense..

PUBLICIDADE

O prefeito da cidade é Jailson Amorim, que se elegeu pelo PROS. Sua gestão chegou a entrar na mira do Ministério Público do Estado em abril, após a contratação de show do cantor sertanejo Amado Batista por R$ 310 mil.

Às margens do rio Juruá, Rodrigues Alves ocupa o 4.903º do País no Índice de Desenvolvimento Humano, segundo o Atlas Brasil. A cidade, cujo IDH é de 0,567, está abaixo da média do Estado, de 0,663.

Segundo o edital da licitação, a compra visa ‘atender as necessidades da Prefeitura Municipal de Rodrigues Alves, em seus eventos’. O documento cita ‘sessões plenárias, seminários, cursos para servidores, reuniões de câmaras, assinatura de atos oficiais e posses’.

O prefeito Jailson Amorim. Foto: Prefeitura de Rodrigues Al

As encomendas de salgadinhos, fritos e assados, constam da edição na quarta-feira, 23, do Diário Oficial da cidade. O documento mostra que a prefeitura comprou também 7,5 mil cachorros-quentes, o suficiente para alimentar metade da população da cidade. Também foram encomendados doces e bebidas.

Publicidade

As compras são resultado de um pregão realizado no dia 31 de julho, com um único objeto: o ‘fornecimento de coffee break, café da manhã e salgado’. O valor das contratações soma R$ 181 mil.

Quatro empresas saíram vencedoras, cada uma ficando responsável por um item previsto na licitação:

  • Pacote de coffee break para 1,8 mil pessoas - com fornecimento, para cada uma, de pelo menos 250 ml de bebidas (sucos, refrigerantes), 12 unidades de salgadinhos (fritos e assados) , três unidades de doces (tortinhas, carolinas, bolos) fora café, chocolate quente e chá;
  • Pacote de café da manhã para 1,5 mil pessoas - com fornecimento, para cada uma, de pelo menos 250 ml de bebidas e 500 gramas de comidas (salgados, doces, bolos, pães e frutas;
  • Fornecimento de 750 centos de salgadinhos fritos variados - pastel de carne, coxinha de frango, quibe, canudinho, bolinha de queijo e presunto.
  • Fornecimento de 750 centos de salgadinhos assados variados - esfirras, abertas e fechadas, pizza, saltenha, pão de queijo, torta de frango, carne ou presunto.
  • Mil pacotes de kit lanches incluindo um salgado assado, ou um sanduíche, ou uma pizza individual, ou uma tora de frango, acompanhado de um suco ou refrigerante
  • Fornecimento de 300 centos de mini doces variados - tortinhas, bolos em cubos e pães doces
  • Fornecimento de 7,5 mil cachorros quentes, com salsicha, molho, milho e batata palha.

O edital indica que os alimentos serão entregues na data dos eventos realizados pela prefeitura, de forma parcelada e sob demanda. A ‘estimativa de consumo’ é de doze meses – os coffee breaks poderão ser realizados de segunda a sexta-feira e, ‘excepcionalmente’, aos sábados.

Homologação de licitação de coffebreak Foto: Diário Oficial do município

COM A PALAVRA, O PREFEITO JAILSON AMORIM

Publicidade

A reportagem do Estadão pediu manifestação do prefeito de Rodrigues Alves, Jailson Amorim. O espaço está aberto (pepita.ortega@estadao.com)

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.