EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Coluna do Estadão

| Por Roseann Kennedy

Roseann Kennedy traz os bastidores da política e da economia, com Eduardo Gayer e Augusto Tenório

Aliados de Bolsonaro veem presidente sem saída com manifestantes nos quartéis

Demora do presidente em se pronunciar gerou expectativas em apoiadores mobilizados nas portas dos quartéis

PUBLICIDADE

Por Coluna do Estadão

Passada a diplomação de Lula, aliados de Jair Bolsonaro dizem ver o presidente sem saída na condução das expectativas de seus apoiadores, que seguem nas portas dos quartéis. A avaliação é que Bolsonaro perdeu o “timing” para falar aos seguidores mais radicais e corre o risco de levá-los à frustração no dia 1º de janeiro, perdendo importante base de apoiadores.

BRASAILIA DF NACIONAL 09-12-2022 BOLSONARO ALVORADA PRESIDENTE JAIR BOLSONARO VEIO PELO LADO DE DENTRO DO PALACIO DA ALVOARADA PARA RECEBER SEU APOIADORES FOTO WILTON JUNIOR/ESTADAO Foto: Wilton Junior

PUBLICIDADE

MUDO. Por este raciocínio, o presidente tinha que ter agido logo após a eleição, dizendo aos seguidores que o trabalho continuaria na oposição ao PT. Mas ele optou pelo silêncio. Agora, todos perguntam, seja pelo telefone, ao vivo ou pelo WhatsApp, mas Bolsonaro não dá sinais sobre qual será seu próximo passo.

BYE-BYE. Enquanto isso, o PP do chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, contabiliza de 23 a 27 deputados da sigla interessados em aderir a Lula. Eles também desejam espaço no futuro governo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.