PUBLICIDADE

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Coluna do Estadão

| Por Roseann Kennedy

Roseann Kennedy traz os bastidores da política e da economia, com Eduardo Gayer e Augusto Tenório

Deputado bolsonarista aciona PF após ter gabinete vandalizado e ‘boneco’ queimado

Grupo ‘Levante Ceará’ associa o parlamentar aos atos golpistas de 8 de janeiro, e promoveu quebra-quebra para marcar os 60 anos do golpe militar de 1964

Foto do author Augusto Tenório
Por Augusto Tenório
Atualização:

O deputado André Fernandes (PL-CE) afirmou à Coluna do Estadão que vai acionar a Polícia Federal após ter seu gabinete em Fortaleza vandalizado por manifestantes de esquerda. O grupo “Levante Ceará” compartilhou nas redes sociais fotos e vídeos da ação, que incluiu a queima de um boneco com a cara do parlamentar. Ele é pré-candidato à prefeitura da capital cearense.

PUBLICIDADE

Fernandes disse que também vai acionar o Ministério Público Federal (MPF), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará, e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Da Casa parlamentar, o deputado quer apoio para pressionar as autoridades a investigarem o caso e punirem os envolvidos.

O grupo de esquerda vandalizou o gabinete de André Fernandes na manhã desta segunda-feira, 1º, data associada aos 60 anos do golpe militar. O grupo Levante Ceará vincula o deputado bolsonarista aos atos golpistas de 8 de janeiro.

Imagens da manifestação contra o deputado André Fernandes (PL-CE). Foto: Instagram @levanteceara
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.