EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Coluna do Estadão

| Por Roseann Kennedy

Roseann Kennedy traz os bastidores da política e da economia, com Eduardo Gayer e Augusto Tenório

Desoneração da folha: líderes articulam derrubada do veto de Lula na próxima semana

Relator do projeto e presidente da Frente do Comércio querem celeridade na análise do veto do presidente

PUBLICIDADE

Foto do author Augusto Tenório
Foto do author Roseann Kennedy
Por Augusto Tenório e Roseann Kennedy
Atualização:

O autor do texto, Efraim Filho (União-PB), e o presidente da Frente Parlamentar do Comércio, o deputado Domingos Sávio (PL-MG), já iniciaram a articulação para derrubar o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à prorrogação da desoneração da folha de pagamento para 17 setores. Eles querem analisar a matéria ainda neste ano, e pressionam para que o veto seja pautado na próxima semana.

Há pressa porque a desoneração, com o veto, só é válida até o dia 31 de dezembro. O temor é que, sem o benefício fiscal, empresas comecem uma onda de demissões a partir do próximo ano.

O deputado Domingos Sávio (PL-MG) Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

“O veto à desoneração é um veto à geração de empregos. Prejudica trabalhadores e patrões. Isso é um tiro no pé, pois o Congresso tem o dever de derrubar este veto. O projeto foi aprovado quase por unanimidade. A Frente do Comércio e Serviço está trabalhando e vamos lutar para derrubar este veto ainda neste ano”, diz à Coluna o deputado Domingos Sávio.

Efraim Filho segue o mesmo entendimento: “Lamentamos a decisão do governo de vetar a desoneração, aumentando o custo do emprego e os impostos para os setores que mais empregam, prejudicial tanto a empreendedores quanto a trabalhadores. Vamos nos esforçar para reverter essa decisão e derrubar o veto ainda este ano, já que o projeto foi aprovado com apoio sólido e ampla maioria em ambas as casas”.

O senador Efraim Filho (União-PB). Foto: Roque de Sá/Agência Senado Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Como mostrou a Coluna, parlamentares avisaram antecipadamente ao Planalto que derrubariam qualquer veto à desoneração da folha. Eles se reuniram com o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e lembraram que já derrubaram o veto à prorrogação da desoneração durante o governo Bolsonaro (PL).

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.