EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Coluna do Estadão

| Por Roseann Kennedy

Roseann Kennedy traz os bastidores da política e da economia, com Eduardo Gayer e Augusto Tenório

Lula conversa com Cláudio Castro e deve priorizar obra do Rio Botas

Presidente e governador do Rio conversaram por telefone após temporais castigarem o Estado

PUBLICIDADE

Foto do author Augusto Tenório
Por Augusto Tenório
Atualização:

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conversou por telefone com o governador do Rio, Cláudio Castro (PL), na tarde desta segunda-feira, 15. Segundo interlocutores, o mandatário sinalizou que vai conversar com ministros para o governo dar prioridade, no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), às obras do Rio Botas, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Ele transbordou no fim de semana, após fortes temporais que já deixaram doze mortos no Estado.

Mais cedo, Castro deu a entender que houve um “desencontro” de agendas para contato com Lula. Ele deu entrevistas afirmando ter tentado falar com o presidente nesta segunda, sem sucesso. Auxiliares do presidente contam, porém, que o próprio Lula tentou contato com Castro no domingo, também sem sucesso.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao lado do governador do Rio, Cláudio Castro (PL). FOTO: PEDRO KIRILOS / ESTADÃO Foto: PEDRO KIRILOS / ESTADÃO

Lula tem dialogado com prefeitos das áreas atingidas e escalou o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias (PT), para acompanhar a situação do Estado. “Orientei a decretação de emergência e devemos fazer a antecipação do pagamento do Bolsa Família para todos os beneficiários que estejam nas áreas de risco”, informou o titular da pasta, pelo X, antigo Twitter.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.