PUBLICIDADE

Funcionária é estuprada dentro da Delegacia Sede do Guarujá; agressor foi preso em flagrante

Suspeito foi detido por policiais do DP que ouviram pedidos de socorro da vítima

Por Rariane Costa
Atualização:

Uma mulher foi agredida e estuprada dentro da Delegacia Sede do Guarujá, no litoral de São Paulo. O agressor, um homem de 52 anos, foi preso em flagrante por policiais do DP que ouviram pedidos de socorro da vítima vindos de dentro de uma sala.

Caso foi registrado como estupro na Delegacia do Guarujá. Foto: Google Street View

PUBLICIDADE

O caso foi registrado na própria delegacia, localizada na Avenida Puglisi, centro do Guarujá, como estupro. O homem foi preso em flagrante e, em seguida, encaminhado à cadeia pública da cidade.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública afirmou que a vítima, uma mulher de 40 anos, é funcionária de uma empresa terceirizada que presta serviços na unidade. “Demais detalhes serão preservados devido à natureza da ocorrência”, diz o comunicado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.