Jovem é atingida por bala perdida após confronto policial em Santos

No mesmo dia, mais cedo, um sargento aposentado da Polícia Militar do Estado de São Paulo foi morto, após ser baleado por criminosos em frente a sua residência em São Vicente

PUBLICIDADE

Foto do author Renata Okumura
Por Renata Okumura
Atualização:

Uma jovem de 22 anos morreu após ser atingida por uma bala perdida em meio a uma operação policial em Santos, no litoral paulista, na noite de sexta-feira, 8. Conforme a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), outras três pessoas ficaram feridas, entre elas um policial.

PUBLICIDADE

Conforme as investigações, uma equipe do 2º Batalhão de Ações Especiais (Baep) realizava patrulhamento no bairro Castelo, na cidade litorânea, quando por volta das 18h30 um homem de 18 anos, em uma bicicleta, disparou contra a viatura que se aproximava da comunidade. Ele foi preso após receber atendimento médico e passar por cirurgia.

“Um soldado foi atingido pelos disparos na região do ombro. Três pessoas que estavam nas imediações também ficaram feridas e foram socorridas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vila Noroeste, sendo que uma mulher de 22 anos não resistiu aos ferimentos”, afirmou a SSP. O soldado baleado foi internado e permaneceu em observação na Santa Casa de Santos.

Nas imediações do local, os policiais militares localizaram drogas e uma arma de fogo, segundo a secretaria.

Imagem do bairro Castelo, em Santos, onde uma jovem, de 22 anos, morreu após ser atingida por uma bala perdida em meio a uma operação policial na noite de sexta-feira, 8. Foto: Reprodução/Google Street View

O caso foi registrado como homicídio, tentativa de homicídio, tráfico de entorpecentes e lesão corporal na Central de Polícia Judiciário de Santos. O criminoso conseguiu fugir. “Todas as circunstâncias do caso estão sendo investigadas pela Polícia Civil”, acrescentou a SSP.

Questionada, a secretaria não informou se o patrulhamento tem relação com a busca pelos suspeitos que assassinaram um sargento aposentado, na tarde da mesma sexta-feira, na frente de sua casa em São Vicente.

De acordo com a SSP, os autores dos disparos estavam em duas motos na Rua Juarez Távora, quando balearam o sargento Gerson Antunes Lima, de 55 anos. Ele chegou a ser socorrido no Pronto Socorro Vicentino, mas não resistiu aos ferimentos.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.