PUBLICIDADE

Sargento do Exército reage a assalto e mata dois na região da Cracolândia

Um terceiro suspeito foi ferido e está internado; caso está sob apuração da Polícia Civil de São Paulo

Foto do author Marcio Dolzan
Por Marcio Dolzan

Um sargento do Exército reagiu a uma tentativa de assalto e matou dois suspeitos na noite desta segunda-feira, 15, na República, região central de São Paulo. Um terceiro acusado foi ferido e está internado. O caso aconteceu próximo ao atual fluxo da Cracolândia.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o militar relatou que passava por um trecho entre a Rua dos Protestantes e a Rua Mauá quando foi abordado pelos suspeitos. Eles começaram a revistá-lo, quando o sargento sacou a arma e efetuou os disparos.

Sargento do Exército reage a tentativa de assalto e atira contra suspeitos na cracolândia no Centro de SP. Foto: Reprodução/TV Globo Foto: TV Globo/Reprodução

PUBLICIDADE

Guardas municipais que estavam nas proximidades foram até o local e encontram três suspeitos caídos. O resgate foi acionado e constatou que um deles já estava morto. Os outros dois foram encaminhados a um hospital, sendo que um deles também acabou morrendo.

A arma do militar foi apreendida e a perícia foi ao local. O caso foi registrado no 2º DP (Bom Retiro) como roubo, homicídio e legítima defesa.

Em outubro passado, um levantamento feito pelo Estadão com base em dados da Prefeitura mostrou que, até aquele mês, 11 endereços da cidade haviam registrado aglomeração de usuários de drogas (cracolândia). O bairro de Santa Ifigênia era o mais afetado.

Na média, 513 dependentes químicos por turno foram registrados segundo a contagem oficial. A população, porém, fala que a impressão é que há ainda mais, já que parte dos usuários ficam em trânsito pelas ruas do centro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.