Scanner corporal flagra 18 com droga no estômago no Aeroporto de Guarulhos

Equipamento foi utilizado para detectar entorpecentes ingeridos por suspeitos que pretendiam viajar para o exterior; Polícia Federal prendeu grupo em flagrante por tráfico

Foto do author Renata Okumura
Por Renata Okumura
Atualização:

A Polícia Federal (PF) prendeu ao menos 18 pessoas em flagrante por tráfico internacional de drogas no Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, entre segunda, 29, e esta terça-feira, 30. Não há informações para quais países os suspeitos pretendiam viajar.

“A ação contou com o uso de scanner corporal para detecção da droga no estômago dos passageiros suspeitos, que foram encaminhados à Polícia Federal para a lavratura dos procedimentos criminais e depois ao hospital para expelir de forma segura o entorpecente engolido”, afirmou o órgão federal.

PF prende 18 pessoas em flagrante por tráfico internacional de drogas no Aeroporto de Guarulhos. Foto: Divulgação/PF

PUBLICIDADE

O trabalho, que faz parte da ‘Operação No Fly’ para reprimir o tráfico de drogas com a prisão de passageiros que ingerem cápsulas e transportam em seu estômago para o exterior, contou com o apoio da Guarda Civil Municipal de Guarulhos.

Conforme a PF, 53 prisões em flagrante foram realizadas em 2024, número maior que o comparado com 44 prisões em 2023, sete prisões em 2022 e uma prisão em 2021. “O objetivo também identificar todos os traficantes envolvidos no esquema criminoso, mantendo o aeroporto um local seguro para os usuários”, disse.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.