PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

O blog voltado ao cidadão e ao consumidor

Falta de luz: leitor reclama de falta de luz na zona oeste de SP

Enel Distribuição São Paulo informa que enviou equipe ao local e restabeleceu o fornecimento de energia na região

Foto do author Renata Okumura
Por Renata Okumura

Henrique Queiroz reclama de falta de energia no Instituto da Previdência, na região do Butantã, na zona oeste de São Paulo. Segundo ele, foram mais de dois dias sem luz.

PUBLICIDADE

Reclamação de Henrique Queiroz: “Já são mais de dois dias sem luz no Instituto da Previdência, na região do Butantã, na zona oeste de São Paulo.Exigimos da Enel a prestação de um serviço decente, já que o pagamento da conta de luz nunca atrasa ou tem qualquer gratuidade por parte dela para os moradores afetados.

Resposta da Enel Distribuição São Paulo: “A Enel Distribuição São Paulo informa que enviou equipe ao local e restabeleceu o fornecimento de energia.”

Leitor reclama de falta de luz na zona oeste de SP.  Foto: Adobe Stock

Canais para falar com a Enel

O consumidor pode entrar em contato com a Central de Relacionamento da Enel São Paulo pelo 0800 72 72 120. Também pode falar com a central de emergência pelo 0800 72 72 196. Para pessoas com deficiência auditiva, o telefone é o 0800 77 28 626.

Salve também a ‘Elena’ nos contatos (21 99601-9608), assim é possível conseguir realizar serviços. Ela serve para ajudar a registrar falta de luz, pedir 2ª via, consultar débitos, solicitar ressarcimento e também tirar dúvidas sobre outros serviços.

Publicidade

Ouvidoria da Enel São Paulo

Este é um canal de relacionamento para solucionar ou responder reclamações que a pessoa ainda não conseguiu resolver pelos outros canais de atendimento.

  • Por telefone: 0800 72 73 110 (atendimento em dias úteis, das 8 horas às 18 horas).
  • Por carta: enviar em envelope fechado mencionando ‘Ouvidoria’ para o endereço: Avenida das Nações Unidas, 14401, Conjunto 1 ao 4, Torre B1, 17º andar, Vila Gertrudes, São Paulo-SP, CEP: 04794-00.

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.