Foto do(a) blog

O blog voltado ao cidadão e ao consumidor

Leroy Merlin: leitor reclama de pastilhas para revestimento de box de banheiro vendidas erradas

Empresa informa que entrou em contato com o cliente e encaminhou uma visita técnica à sua residência

PUBLICIDADE

Foto do author Renata Okumura
Por Renata Okumura

Guilherme Vilela de Almeida reclama que a Leroy Merlin vendeu pastilhas para revestimento de box de banheiro que não eram para ambiente molhado. Ele solicita reparo pelos danos.

PUBLICIDADE

Reclamação de Guilherme Vilela de Almeida: “Prezados jornalistas, gostaria de denunciar a Leroy Merlin por terem me vendido uma pastilha para revestimento de box de banheiro que não era para ambiente molhado, mas o mostruário indicava que era, assim como uma vendedora finalizou a compra na loja física do Tietê. Em doze dias de banho, depois da minha obra, as pastilhas descascaram. Em resumo: eu escolhi uma pastilha na loja e ela estava sinalizada como GS102 no mostruário e indicada para ambiente molhados, assim como apareceu GS102 na nota fiscal. Mas, na verdade, eles me venderam a MP502 que não é para ambientes molhados (a sinalização estava errada no ponto de venda, assim como o código do produto. Ou a nota fiscal estaria certa apontando o modelo MP502 e não GS102. Eles dizem, porém, que a pastilha que comprei é a MP502 (e não a GS102 que estava sinalizada) e dizem que não é para área molhada. Mas eu comprei, teoricamente, a GS102, conforme nota fiscal e foto do mostruário. Falei com o fabricante, que confirmou que MP502 não pode ser usada em áreas molhadas. Em resumo, reformei meu apartamento por mais de quatro meses, reformei meu banheiro inteiro e, agora, meu box está horroroso em doze dias. Além dos danos morais e materiais, e se der infiltração? Diversos artigos do Código de Defesa do Consumidor foram quebrados. Tenho diversos documentos, caso queiram ver. Estas mesmas pastilhas já me deram problema quando comprei em fevereiro, quando comprei pronta-entrega e a Leroy Merlin demorou um mês para entregar após diversas reclamações em canais de direito do consumidor.”

Resposta da Leroy Merlin: “Em atenção à referida reclamação, a Leroy Merlin informa que entrou em contato com o cliente e encaminhou uma visita técnica à sua residência, realizada pelo fabricante do produto no dia 31 de julho. Ressalta que aguarda a conclusão do laudo para que possa fornecer uma resposta definitiva sobre o caso, o que acontecerá dentro do prazo de até dez dias. Destaca que informou ao cliente sobre todas as etapas do processo e segue à disposição para dúvidas através de seus canais de atendimento.”

Leitor reclama de pastilhas para revestimento de box de banheiro vendidas erradas.  Foto: Pixabay

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.