PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

O blog voltado ao cidadão e ao consumidor

Paraíso: leitora cobra conserto de sarjetão em ruas da região

Subprefeitura Vila Mariana informa que realizou a manutenção do sarjetão localizado nas vias citadas pela munícipe

Foto do author Renata Okumura
Por Renata Okumura

Maria A Rosa afirma que a Prefeitura de São Paulo estragou parte do asfalto da Rua Chui com a Rua Arujá , na região do Paraíso, na zona sul da cidade, que não apresentava nenhum problema, segundo ela. A munícipe cobra o conserto do asfalto.

PUBLICIDADE

Reclamação de Maria A Rosa: “Gostaria de pedir ajuda para resolver um problema no asfalto de vias da região do Paraíso, na zona sul de São Paulo, que foi provocado indevidamente pela Prefeitura de São Paulo. Trata-se da esquina da Rua Chui com a Rua Arujá. Eu reforço que não havia nenhum problema no asfalto, até a prefeitura aparecer. Porém, há dois meses, funcionários da Prefeitura de São Paulo, vieram e rasgaram o asfalto. E fizeram uma canaleta de cimento. Depois, eles simplesmente não apareceram mais. Com as chuvas e o movimento dos veículos, o local fica intransitável, embora a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) tenha colocado cavaletes para evitar a passagem de carros. Eu abri um chamado, mas está sempre em análise.”

Resposta da Subprefeitura Vila Mariana: “A Subprefeitura Vila Mariana informa que realizou a manutenção do sarjetão localizado na Rua Chuí X Rua Arujá. Após o serviço, será realizada a concordância asfáltica. De janeiro a setembro deste ano, a Subprefeitura Vila Mariana realizou a conservação de 3.181 metros de guias e sarjetas, 541,5 metros de sarjetão e 747,5 metros quadrados de área de passeio. A população pode solicitar os serviços de zeladoria da prefeitura através do número 156, do app SP 156 (download de forma gratuita) ou pelo portal. Permanecemos à disposição para mais esclarecimentos”.

Leitora cobra conserto de asfalto em vias da região do Paraíso. Foto ilustrativa. Foto: Vitaly Krivosheev /Adobe Stock

Após resposta da Prefeitura de São Paulo, a leitora permanecerá acompanhando o andamento da obra. Caso necessário, retornará o contato com o Estadão.

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.