PUBLICIDADE

Beber durante as refeições faz mal? Engorda? Especialistas respondem

Quando feita de forma errada, a combinação de comida e bebida pode causar mal-estar, refluxo e gases; veja como evitar quadro

PUBLICIDADE

Foto do author Lara Castelo
Por Lara Castelo

O processo de digestão é complexo, envolve diversos fatores e desperta muitas dúvidas. Uma das mais comuns é em relação aos possíveis prejuízos ou benefícios da ingestão de líquidos, sejam sucos, refrigerantes ou água, durante as refeições. Há quem relacione o hábito com o ganho de peso, enquanto outros o associam com o emagrecimento.

Afinal, quais as consequências de beber líquidos durante a refeição?

De acordo com a nutricionista Lara Natacci, as consequências desse hábito vão depender de duas características principais: do tipo de líquido e da quantidade ingerida.

Efeitos da ingestão de líquido durante as refeições depende de diferentes fatores Foto: Chanakon/Adobe Stock

PUBLICIDADE

“Quanto mais elaborado for o líquido, especialmente em relação às quantidades de açúcar e gases, mais difícil será a sua digestão, o que pode atrapalhar o processo digestivo como um todo e causar sensação de mal-estar ou de inchaço, além de refluxo e gases”, descreve.

Nesse sentido, Lara explica que a ingestão de água em baixa quantidade - até 200 ml - durante a refeição não vai afetar o processo digestivo, nem causar outros problemas e, por isso, não precisa ser evitada. “Agora, se a pessoa fizer questão de ingerir outros líquidos durante a refeição, não dá para garantir os desdobramentos. A orientação nesse sentido é maneirar na quantidade e optar por substâncias mais leves”, destaca.

Sobre o tema, a endocrinologista Maria Fernanda Barca, da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso), alerta para o fato de que mesmo bebidas aparentemente não calóricas, como a água de coco, podem ser ricas em açúcares. Por isso, vale a pena checar as informações na embalagem antes de consumir o produto.

Ingerir líquidos durante a refeição pode emagrecer ou engordar?

Em relação à água, não se pode falar em efeito emagrecedor ou contrário, de acordo com a especialista. Sobre outros líquidos, como sucos, refrigerantes e bebidas alcoólicas, Lara destaca que estes são naturalmente calóricos e que a sua ingestão em conjunto com a refeição via de regra não causa nenhum efeito específico.

Faz bem ingerir líquidos antes das refeições?

Trata-se de um hábito que não gera prejuízos e que, se feito de forma não exagerada, pode ser até positivo, de acordo com a nutricionista. “Como muitas vezes confundimos a sensação de sede com a de fome, estar hidratado antes das refeições pode auxiliar a manter um consumo equilibrado de alimentos”, diz.

Publicidade

Ainda sobre o tema, Lara destaca que a temperatura do líquido ingerido não altera o seu impacto na digestão. “Dizer que beber água gelada antes das refeições emagrece é um mito”, exemplifica.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.