PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Turismo de luxo, hotelaria e novas tendências do mercado de viagens e turismo

Cheetah Plains: o mais exclusivo lodge de safári da África do Sul

Por Mari Campos
Atualização:

Não é fácil se destacar dentre a excelência dos lodges sul-africanos. Poucos lugares conseguem manter um nível tão alto de qualidade em tantas propriedades remotas quanto ali. Mas, mesmo em um território tão fértil em premiadas propriedades, uma delas vem se destacando rápida e definitivamente: Cheetah Plains, o mais exclusivo lodge de safari da África do Sul.

PUBLICIDADE

ACOMPANHE A MARI CAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

O Cheetah Plains é um lodge de safári completamente fora do óbvio e mergulhado em obras de arte contemporânea, seja nos ambientes internos ou externos. Focado no mercado de viagens de ultra luxo, oferece apenas três exclusivas vilas privadas em toda a propriedade, cada uma com quatro suítes completamente independentes - perfeitas sobretudo para famílias e grupos de amigos.

Cada vila precisa ser reservada por inteiro, com capacidade para até oito hóspedes - e serviço completo, com absolutamente tudo incluído. E, quando anunciam "tudo incluído", ali é tudo incluído mesmo: passeios, refeições, bebidas, snacks, drinks a qualquer hora, lavanderia, internet de excelente qualidade e até massagens ilimitadas.

LEIA TAMBÉM: A Cidade do Cabo finalmente mais perto

Publicidade

.

 

.

Exclusividade e sustentabilidade a toda prova no Cheetah Plains

Inaugurado em 2018, como primeira iniciativa na hospitalidade de um casal sul-africano, o Cheetah Plains redefiniu o luxo em lodges de safáris. Fica localizado na reserva Sabi Sands, no chamado Great Kruger, considerada uma das regiões mais férteis do continente africano para observação de vida selvagem (spoiler: e o é! Desta vez, vi os Big 5 em absolutamente todos os game drives e vi mais leopardos que em qualquer outra experiência de safári que já tive na vida).

Seus veículos são todos movidos a energia solar, garantindo safáris com emissão zero e encontros realmente silenciosos com a vida selvagem, de modo a interferir o mínimo possível com fauna e flora locais. Tudo no Cheetah Plains é sustentável: o lodge é 100% movido a energia solar, incluindo a construção de uma usina própria com mais de 1.000 painéis que lhe garante zero possibilidade de desabastecimento. Há reutilização e reciclagem de água e resíduos, os alimentos têm origem regional, há zero plásticos, zero desperdício.

ACOMPANHE A MARI CAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

.

 

São apenas três enormes e luxuosas vilas na propriedade toda, cada uma batizada em homenagem aos três felinos mais lendários da região (Mvulua, Karula e Mapogo). Cada vila tem quatro suítes completamente independentes, todas com quarto, living, walk-in closet, deck mobiliado, lareira e imensos banheiros com banheira e pias e rain showers duplos. Tudo com direito a muitas paredes de vidro deslizante por toda parte, para que a relação com a natureza seja o mais imersiva possível.

Publicidade

Cada vila tem ainda uma sede principal, com living, sala de TV, sala de jantar, uma imensa adega, piscina privativa (aquecida!), boma e solário. Para harmonizar com tanto vidro e paredes abertas para a natureza, há metal polido, pedras, madeira maciça e muitas coloridas obras de arte sul-africanas contemporâneas. Mas suítes e vilas estão perfeitamente distantes (e isoladas) umas das outras, garantindo privacidade completa a todo hóspede.

 

PUBLICIDADE

Cada vila tem seu próprio Land Cruiser elétrico, com ranger e tracker dedicados e pode definir seus próprios horários para os game drives, como preferirem. Por isso mesmo, crianças de qualquer idade são muito bem-vindas na propriedade. Os veículos têm também assentos acolchoados ergonômicos e aquecidos e entradas individuais de USB.

Os únicos espaços compartilhados pelas três vilas do Cheetah Plains são a academia, a boutique e os jardins repletos de obras de arte. E o único membro do staff compartilhado é a sommelier.

Importante: todos os ambientes são térreos sem escadas ou degraus, garantindo acessibilidade. Até os veículos chegam literalmente à porta de cada vila.

LEIA TAMBÉM: Sete tendências de viagem para 2024

Publicidade

.

 

.

Absolutamente tudo incluído

As estadias no Cheetah Plains funcionam sempre em sistema tudo incluído - mas é tudo mesmo. As ultraluxuosas suítes têm mais espaço que a maioria das suítes presidenciais dos hotéis de luxo.Uma delas é considerada a "suíte principal", e tem um living room maior e mais espaçoso - mas todas têm espaço de sobra, privacidade completa e vista para as savanas de absolutamente todos os ambientes - inclusive do banheiro. Elefantes bebiam frequentemente do pequeno lago formado bem diante da minha suíte.

As amenidades sustentáveis são da Africology, há carregador sem fio para celulares e cada suíte tem seu próprio iphone para uso durante a estadia, com Whatsapp exclusivo para intercomunicação com as demais suítes e os funcionários da vila. Estão também pré-carregados com aplicativos de observação de pássaros, animais e astronomia.

 

A lavanderia está 100% incluída, sem restrições, entregue sempre no mesmo dia. As camas king-size contam com mosquiteiros e cortinas todos com acesso eletrônico, bastando apertar um botão para abrir e fechar. Fronhas com monogramas com as iniciais dos hóspedes são dadas como presentes no check out - e cada hóspede recebe também uma elegante bolsa para levar durante seus passeios, com um providencial kit da Africology (água termal, repelente e filtro solar).

O minibar é o mais impressionante que já vi: abastecido com águas, sucos, refrigerantes, cervejas, licores, destilados de todo tipo - e vinhos e espumantes da adega também estão disponíveis e incluídos 24h por dia. Há máquina de café com cápsulas biodegradáveis, prensa francesa e uma bela variedade de chás finos.

Publicidade

ACOMPANHE A MARI CAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

 

.

As diárias do Cheetah Plains incluem também o empréstimo de uma câmera reflex Nikon com lentes objetivas durante toda a estadia - assim o hóspede não precisa carregar o peso de seus próprios equipamentos (uma mão na roda para quem está fazendo viagens mais longas, como era o meu caso).

São mais de dez funcionários exclusivos para cada vila, incluindo governanta, mordomo, chef, chef pâtissier, garçom, camareiros, massoterapeutas, manicure e até babás. O staff todo é simplesmente irretocável - sobretudo a governanta e o mordomo, simplesmente imbatíveis! - mas sem perder jamais a calidez e a simpatia.

 

A cada refeição o menu da refeição seguinte é discutido e definido - e tudo tem apresentação impecável, dos snacks a qualquer hora do dia aos pratos de alta gastronomia do jantar.Mas não há horários pré-definidos para nada: é o hóspede quem define que horas quer acordar, quais os horários para os game drives, quando quer fazer cada refeição, o que quer consumir etc.

O serviço irrepreensível de toda a equipe do lodge é discreto na medida certa: estão sempre disponíveis, antecipam de fato qualquer desejo do hóspede, memorizam rapidamente nomes e preferências, surpreendem constantemente mas raramente estão à vista, nos dando a bem-vinda privacidade em vários momentos ao longo do dia - uma experiência realmente ultraprivativa.

Publicidade

LEIA TAMBÉM: Viajante de luxo está mais jovem e menos influenciado pelas redes sociais

.

 

 

.

Dias e noites perfeitos nas savanas

Não é apenas dentro da propriedade que o Cheetah Plains mostra sua excelência - tudo funciona irretocavelmente também a cada saída em safári. Os game-drives têm a duração que o hóspede quiser e ranger e tracker, com exímia habilidade em suas funções, se esforçam ao máximo para tentar encontrar rastros que levem aos animais favoritos de cada um.

O dia começa com o café ou chá feito na hora e entregue na suíte ou no living da casa principal. Mas preparam também, para quem quiser, café e chá "para a viagem" com excelentes copos térmicos herméticos, seguros para beber mesmo com eventuais sacolejos dos veículos se deslocando pela savana.

ACOMPANHE A MARI CAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

Publicidade

 

.

Durante os game drives, cada parada para o cafezinho pelas manhãs ou para os imperdíveis sundowners à tarde é surpreendente, sempre com café fresquinho, chás e drinks preparados na hora, acompanhados a cada saída de quitutes diferentes de acordo com as preferências de cada hóspede - tudo degustado em localizações especiais, com total exclusividade e contato com a vida selvagem.

Mas toda estadia no Cheetah Plains inclui também pelo menos um café da manhã completo na savana (com direito a estação de mimosas,salmão defumado, queijos, frios, frutas, croissants quentinhos, torradas e o chef preparando ovos ali mesmo, ao seu gosto), um happy hour completo em meio à natureza (com iluminação especial, degustação de gins sul-africanos e quitutes mil) e um jantar sob as estrelas, no estilo "boma dinner". Em todos eles, montam também uma "welcome desk" na savana com bacia, água fresca, sabonete e tolhas para higienização.

Estadias mais longas podem ter noites de cinema ao ar livre, noite da pizza para crianças e diversos outros pequenos "eventos" executados com maestria pelo staff de cada vila.

LEIA TAMBÉM: Os melhores hotéis de 2023

.

 

.

Para chegar: voei com a South African Airways direto do Brasil até a África do Sul. Para chegar diretamente à pista de pouso mais próxima do lodge, é preciso tomar um voo de Federal Air a partir de Joanesburgo. Mas é possível também voar a outros aeroportos comerciais da região do Kruger e seguir a viagem de lá em carro até o lodge (mas, nesse caso, os transfers não estão incluídos).

Publicidade

Utilizei durante toda a viagem um chip da O Meu Chip. O lodge tem internet de excelente qualidade (inclusive para calls e streamings sem interrupções), mas o chip me garantiu conexão também em boa parte dos game drives e durante todo o restante da minha viagem pela África do Sul. O cupom MARICAMPOS dá pelo menos 15% de desconto em qualquer chip ou eSIM da marca - dá para espiar valores e opções aqui.

ACOMPANHE A MARI CAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

.

.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.