‘Os Mundos de Leonardo Da Vinci’: conheça em detalhes a exposição imersiva no Morumbi Shopping

Espaço tem oito ‘mundos’ que buscam apresentar a grandeza do artista. ‘A gente procura mostrar o Leonardo Da Vinci além do óbvio’, diz diretor. Veja imagens, descrição e avaliação

PUBLICIDADE

Foto do author Daniel Silveira
Por Daniel Silveira
Atualização:

Se existe um nome nas artes plásticas que chama a atenção do mundo inteiro, com certeza é o pintor renascentista Leonardo Da Vinci, que viveu entre 1452 e 1519, numa época em que a Itália ainda não era unificada e o território que hoje ocupa o país europeu era ocupado por algumas cidades-estados, em vilas majoritariamente agrárias.

Da Vinci não era apenas pintor, foi um inventor, cientista, matemático, engenheiro, anatomista, escultor, arquiteto, botânico, poeta e músico. Não à toa, sua obra ainda é objeto de estudo e fascinação em todo o mundo, cerca de 500 depois de sua morte. Diante disso, uma nova exposição demonstrando e explicando sua trajetória artística e criativa estreia nesta quinta, 20. Os Mundos de Leonardo Da Vinci fica em cartaz no Morumbi Shopping e tem ingressos variando entre R$ 35 (meia comum) e R$ 125 (inteira vip). Veja o serviço completo abaixo.

Exposição 'Os Mundos de Leonardo da Vinci' no Morumbi Shopping apresenta mais do que as obras do artista renascentista, promovendo um mergulho em sua história.  Foto: Felipe Rau/Estadão

“A gente procura mostrar o Leonardo Da Vinci além do óbvio, então mostramos sua obra no teatro, nos desfiles de carnaval, nos figurinos. Mostramos a casa onde ele nasceu, locais onde ele desenvolveu obras”, conta Alexis Anastasiou, diretor criativo da Visualfarm, criadora e realizadora da exposição.

O que ver?

PUBLICIDADE

A exposição ocupa 3 mil metros quadrados no piso G4 do shopping e é dividida em oito espaços, que ajudam a contar um pouco da história do pintor, sua obra e importância para as artes plásticas e ciência. Cada espaço é uma sala que corresponde a um “mondo” de Da Vinci. O primeiro deles é o Mondo Poesia, que é a entrada do espectador ao universo do renascentista. Mostra frases e alguns de seus esboços em uma linha do tempo de sua história.

O segundo é o Mondo Planetarium, um domo do tamanho do Planetário de São Paulo, que dá ao público a sensação de ser transportado às áreas históricas de Roma, Milão e Florença, feito como um voo de drone pelos locais onde Da Vinci viveu, além de dar contexto histórico à importância do Renascimento e o papel protagonista do pintor em sua época. No espaço, puffs colocados no chão permitem que o visitante sente ou deite para acompanhar as projeções que são feitas no domo.

No Mondo Planetarium, um dos setores da exposição, uma projeção feita no teto de um domo conta um pouco da história do pintor, além de mostrar imagens das cidades italianas de Milão e Florença, onde o artista viveu,  Foto: Felipe Rau/Estadão

O terceiro é chamado Mondo Holográfico. Neste espaço, são mostradas maquetes holográficas, descobertas e estudos do italiano em diferentes áreas, como anatomia e engenharia.

O quarto espaço é o maior da mostra, com 800 metros quadrados. Chamado Mondo Transportamento, é inspirado no projeto Cidade do Futuro de Da Vinci. Nele, figuras são projetadas em 360º nas paredes e chão reproduzindo imagens mapeadas, experiências de urbanismo desenhadas pelo pintor, incluindo praças centrais nas cidades de Milão e Florença como podiam ser vistas no tempo do artista, com fachadas, pisos e sons característicos.

Publicidade

É neste espaço que uma de suas pinturas mais importantes pode ser vista ampliada. A Última Ceia, que fica originalmente na parede do refeitório do convento Santa Maria Delle Grazie, em Milão, é projetada nas paredes, fazendo o espectador ter a sensação de estar dentro do refeitório com janelas, portas e a pintura na proporção e posição fiéis ao mundo real.

O Mondo Transportamento é um espaço de 800 metros quadrados em que obras de Leonardo são projetadas, além de tentar construir uma paisagem sonora imagética das cidades em que o pintor trabalhou.  Foto: Felipe Rau/Estadão

Aqui também o público pode ver uma réplica da Mona Lisa, outra de suas obras famosas. O sorriso enigmático da Gioconda é exposto com a mesma aura em que está a original, que fica no Museu do Louvre, em Paris, com destaque em uma parede por trás de um vidro. Neste espaço, imagens também aparece um lado pouco conhecido de Leonardo: sua carreira teatral, como criador de cenários, figurinos e diretor de diversos desfiles públicos em datas importantes, como a posse de governantes ou o início da Quaresma.

O quinto espaço é o Mondo Concavo, em que desenhos e invenções do artista ganham vida por meio da combinação entre robótica e projeções, transportando o público a um cenário mágico, onde desenhos do pintor se movimentam com música e cores, fazendo com que suas pinturas pareçam ganhar vida com o auxílio da tecnologia.

PUBLICIDADE

No Mondo Invenciones, são expostas réplicas em escala de invenções do artista - algumas chegaram a inspirar futuras descobertas da humanidade. Aqui podem ser vistos um modelo de bicicleta, um sistema de polias e um protótipo de objeto voador que se assemelha a um helicóptero.

O sétimo espaço é o Mondo Atelier, em que são representados o quarto onde ele viveu os momentos finais de sua vida e seu atelier. Aqui também estão obras e maquetes em escala de suas principais invenções. Instalações interativas com inteligência artificial irão inserir digitalmente imagens captadas do público que tiver adquirido ingressos VIP dentro de quadros e cenários contemporâneos do artista.

A seção Mondo Atelier apresenta uma réplica da casa em que o artista passou o final de sua vida.  Foto: Felipe Rau/Estadão

O último espaço é o Mondo Piazza, onde estão programadas palestras, performances, e também onde está o Café Firenze e a loja temática da exposição. O local também receberá o Paragone, um espaço de conhecimento em que convidados conversarão sobre diversos temas. A programação, que inclui nomes como Sri Prem Baba, Monja Coen e Tadashi Kadomoto, acontece sempre às quintas-feiras.

Também no Mondo Piazza acontecerão apresentações musicais no Open Mic, incluindo Khadija Luv, Breno Ganz, Guga Stroeter, Fábio Cadore e Jony Ken, SoulZah e Sergio Senger. Os encontros com música acontecem sempre às terças-feiras à noite. No mesmo local também será apresentada uma programação especial para as crianças com um teatro infantil aos sábados com artistas da Escola de Atores Nilton Travesso. Para ver todas as atrações, basta acessar o site da exposição: osmundosdeleonardodavinci.com

Publicidade

Avaliação: mostra grandiosa dá conta do tamanho do artista?

Quando se fala de Leonardo Da Vinci, a impressão é que nenhuma exposição imersiva jamais dará conta de cobrir a obra e vida do artista renascentista. Inventivo, inovador, ousado e explorador, Da Vinci ganha mais uma homenagem, a terceira em São Paulo em um ano.

Os Mundos de Leonardo Da Vinci usa seus 3 mil metros quadrados para tentar alcançar a grandeza do artista homenageado. Parece que só uma mostra desta magnitude, que reúne obras, aspectos históricos, biografia e exemplos de criações do artista seria capaz de atingir uma experiência mais completa do que Da Vinci nos fazer sentir.

É óbvio que não dá para ser comparado, por exemplo, à experiência de ver a Mona Lisa de perto (se bem que o mais perto que uma pessoa comum pode chegar do quadro no Louvre é pouco mais de 4 metros). E é bem verdade também que mostras imersivas não são, exatamente, a melhor forma de contemplar obras de arte, principalmente quando se trata de artistas que viveram em épocas em que a tecnologia era mais rudimentar.

No entanto Os Mundos de Leonardo Da Vinci garante uma boa experiência imersiva no que podemos entender como uma pequena amostra da mente do mais genial dos artistas renascentistas. No Mondo Planetarium, quando um pouco de sua história é contada ao público, começamos a compreender a grandeza desse homem. E ao entrar no Mondo Transportamento, em que as projeções dão o tom de sua obra e carreira em diversos seguimentos, a sensação de estar em um ambiente que se aproxima à sua Florença e sua Milão, garante um pouco mais dessa compreensão.

Da Vinci, certamente, é muito maior do que a exposição é capaz de mostrar. Mas não é culpa da mostra. É porque o artista é gigante. Além de expor obras e apresentar mais informações sobre a vida do artista, quando a produção inclui atividades de conhecimento, música e teatro infantil, ela se presta ao trabalho de formar novos fãs. Dá para estar lá e sair mais maravilhado ainda, mais curioso ainda e mais apaixonado por Da Vinci.

Esta é a terceira mostra imersiva que o nome dele aparece no título, a primeira produzida pela Visualfarm. Sem dúvidas, outras tantas poderiam acontecer e, talvez, nunca deem conta de cobrir toda a genialidade do artista. A mostra imersiva também garante fotos para o Instagram, vídeos para o TikTok e, acima de tudo, a gratidão pela obra deixada por um dos ícones do Renascimento.

Serviço

Os Mundos de Leonardo Da Vinci

Publicidade

  • Onde: Morumbi Shopping - Piso G4 - Estacionamento H
  • A partir de 20 julho, das 10h às 22h (última entrada às 21h)
  • Link de Vendas: osmundosdeleonardodavinci.com

Valores correspondentes ao Lote 1 (meia / inteira):

  • Ingressos Comuns: Horário normal: R$ 35 / R$ 70 // Horário de pico: R$ 45 / R$ 90
  • Open MIC + Ingresso: Horário normal: R$ 40 / R$ 75 // Horário de pico: R$ 50 / R$ 95
  • Paragone + Ingresso: Horário normal: R$ 40 / R$ 75 // Horário de pico: R$ 50 / R$ 95
  • Bambini + Ingresso: Horário normal: R$ 40 / R$ 75 // Horário de pico: R$ 50 / R$ 95
  • OBS: Horários normais: Segunda a Quinta-feira;, Sexta-feira até 15h40 e; Domingo a partir das 18h // Horários de pico: Sexta-feira a partir das 15h40; Sábados e; Domingos até às 18h
  • Ingressos VIP (meia / inteira): Horário normal: R$ 70 / R$ 105 // Horário de pico: R$ 90 / R$ 125. Horários normais: Segunda a Quinta-feira // Horários de pico: Sextas, sábados e domingos. Recebe uma foto feita por inteligência artificial - 1 drink e um brinde edição limitada
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.