EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Cultura, comportamento, noite e gente em São Paulo

Carnaval de SP terá primeira trans como rainha oficial da bateria de escola

PUBLICIDADE

Por Direto da Fonte
Atualização:

Camila Prins. Foto: Alex Pires

Pela primeira vez no Carnaval de SP, a modelo Camila Prins será coroada rainha de bateria e reinará sozinha na Colorado do Brás. Recém-chegada de Lausanne, na Suíça, onde vive com o marido, ela se prepara para estar à frente da bateria da agremiação nos desfiles de 2023. No último carnaval, Camila foi rainha LGBTQIA+ ao lado da rainha Maisa Magalhães e da princesa Yasmin Lourenço.

PUBLICIDADE

"Após 22 anos dedicados ao carnaval, conquistei o posto de rainha oficial. Sou a primeira rainha trans de SP e esse é um marco histórico. Estou quebrando tabus, representando meus pares e abrindo oportunidades para outras meninas que, como eu, sonham em estar em lugares que um dia nos foram negados", disse a artista. A coroação será no domingo, na quadra da escola.

"Se hoje o Brasil é um dos países que mais mata homossexuais, imagine quando comecei. Mas eu não desisti e conquistei o respeito da comunidade do samba", falou.

Educação inclusiva une Brasil e Arábia Saudita

A empresária Carolina Andraus lidera um projeto de educação entre Brasil e Arábia Saudita. No dia 11 desembarca em SP um grupo de especialistas acompanhado por professores de escolas públicas do país saudita para uma imersão em projetos de educação. "Nossa intenção é tornar essa experiência uma referência em educação inclusiva", disse Carolina.

Publicidade

Série sobre feminicídio chega ao streaming

A roteirista, atriz, dramaturga e diretora Michelle Ferreira, 40 anos, assina o roteiro da nova série da Star+, Não Foi Minha Culpa, ao lado de Juliana Rosenthal. A produção narra histórias de vítimas de feminicídios e violência contra mulheres de diferentes idades e classes sociais e entra no ar no próximo sábado. A direção é da Susanna Lira.

BLOCO DE NOTAS

LIBERDADE. Todos os onze atuais ministros do Supremo Tribunal Federal são coautores do livro Liberdades, que será lançado hoje pelo Instituto Justiça & Cidadania, às 18h, no Salão Branco do STF, em Brasília. Na obra, cada magistrado trata de um aspecto da liberdade, sob o prisma da Constituição de 1988.

CONCERTO. O pianista francês com duas indicações ao Grammy, Jean-Yves Thibaudet, fará hoje um concerto na Sala São Paulo. A renda do espetáculo será 100% revertida para o tratamento de crianças e adolescentes carentes com câncer assistidos pelo Hospital Santa Marcelina. Amanhã, Thibaudet fará uma apresentação para os pacientes em tratamento no ambulatório de oncologia pediátrica do hospital.

Publicidade

PATROCÍNIO. A Sertrading, empresa de comércio exterior, assinou contrato de patrocínio da seleção brasileira de Vela, que tem como capitão Robert Scheidt. O investimento é de cerca de R$ 1 milhão.

PAZ. Mais de 5 mil pessoas são esperadas na edição de Amparo, no interior de SP, da caminhada do movimento Você e a Paz, no domingo.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.