PUBLICIDADE

Fã de Taylor Swift morre em show no Rio após passar mal dentro do estádio

Ana Clara Benevides tinha 23 anos e era de Mato Grosso do Sul; morte foi confirmada por familiares, e cantora lamentou: “Estou devastada”. Empresa organizadora diz ter prestado pronto atendimento. Prefeito do Rio anuncia medidas para os próximos shows

Por Stéphanie Araujo
Atualização:

Com um público de cerca de 60 mil pessoas, o primeiro show da turnê “The Eras Tour” da cantora Taylor Swift no Brasil ficou marcado por uma tragédia na noite dessa sexta-feira, 17. Ana Clara Benevides, de 23 anos, era fã da artista e morreu durante o show no Estádio Nilton Santos, o Engenhão, no Rio.

PUBLICIDADE

“Não acredito que estou escrevendo essas palavras, mas é com o coração em pedaços que eu digo que perdemos uma fã mais cedo antes do meu show”, escreveu Taylor ao saber da notícia após o show. A cantora disse estar devastada e não ter muitas informações sobre o caso. Destacou também que a garota “incrivelmente linda e muito jovem”.

A Tickets for Fun, responsável pela organização do show no Brasil, lamentou a morte e disse ter suporte à jovem. Segundo a nota da empresa, ela foi “prontamente atendida pela equipe de brigadistas e paramédicos, sendo encaminhada ao posto médico” do estádio. Em seguida, a jovem foi levada ao Hospital Salgado Filho, onde morreu depois de quase uma hora de atendimento.

LEIA MAIS SOBRE O CASO:

A empresa foi alvo de críticas por problemas de organização e pela proibição de que os fãs levassem sua própria água ao estádio, mas ainda não se manifestou sobre essas queixas.

Por meio das redes sociais, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), lamentou a morte da jovem e disse que providências serão tomadas para os próximos shows da artista no Rio.

Publicidade

O Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) afirma que, conforme determinado em legislação, como os responsáveis pelo show da cantora Taylor Swift cumpriraram todas as exigências do CBMERJ relacionadas às condições de segurança contra incêndio e pânico, as ocorrências médicas ficaram a cargo da produção do evento. Por sua vez, a empresa organizadora, não divulgou números sobre atendimentos.

Ana Clara Benevides, de 22 anos, morreu após ser socorrida na grade de frente ao palco antes do show de Taylor Swift no Engenhão começar na noite desta sexta-feira, 17. Foto: Reprodução/@acbenevidesm

Segundo Estela Benevides, prima de Ana Clara, a jovem era natural de Sonora, em Mato Grosso do Sul, e saiu “para realizar um sonho da vida” no Rio. Estava muito “animada e feliz”. Era a primeira vez da estudante de Psicologia andando de avião.

Ana foi socorrida antes do início do show ao desmaiar na grade em frente ao palco, dentro do Engenhão. Chegou a ser encaminhada ao hospital, mas não resistiu. “Não sabemos ainda a exata causa da morte. Só que estava muito calor e ela estava há horas na fila”, disse a prima.

De acordo com Estela, os pais da jovem saíram de Pedro Gomes (MS) com destino ao Rio nesta madrugada de sábado, 18, para levá-la de volta à cidade. “Não da forma como queríamos”, disse ao Estadão. “Nossa família está em choque. É inacreditável. (...) Ela deixou uma grande marca na vida das pessoas”.

Amigos de Ana, como o enfermeiro Thiago Fernandes, de 22 anos, deixaram sua despedida nas redes sociais. “É Ana, você foi notada pela sua ídola, infelizmente de uma forma triste. Mas você vai ser lembrada PRA SEMPRE”.

A Associação Acadêmica de Psicologia Atlética Valhalla da Universidade Federal de Rondonópolis, da qual Ana Clara fazia parte como diretora, também manifestou pesar pela morte da colega. “Partiu deixando um enorme vazio em nossos corações”, escreveu.

Atlética universitária da Universidade Federal de Rondonópolis, da qual Ana Clara fazia parte, também publicou uma nota de pesar pela morte da jovem após da Taylor Swift na noite desta sexta-feira, 17. Foto: Reprodução/@atleticavalhalla

Taylor Swift afirmou em sua nota não estar apta a falar no momento porque se sente mal. “Eu quero dizer agora que eu sinto fundo essa perda em meu coração pela família e amigos dela”, disse e continuou: “Essa é a última coisa que eu desejava que acontecesse quando decidimos trazer essa turnê ao Brasil”.

Publicidade

Fã morre após desmaiar na grade antes do primeiro show da 'The Eras Tour' da Taylor Swift começar no Rio. Foto: Reprodução/@taylowswift

Durante o show, em meio à euforia e gritos de “Taylor, eu te amo”, a cantora precisou parar a apresentação para pedir à sua produção que entregasse água para os fãs na plateia. Nas redes sociais, fãs relataram calor extremo, e proibição pela organização do evento de entrada de garrafas de água. Havia apenas a venda da bebida no local.

Em vídeos, a produção da cantora aparece entregando copos de água aos fãs que estavam na grade perto do palco após a solicitação da artista.

Justiça

A repercussão nas redes sociais atingiu os cinco primeiros lugares dos trending topics do X, antigo Twitter, durante a madrugada. Fãs da cantora pedem ‘Justiça Por Ana’ e que a empresa organizadora do evento, a Tickets For Fun, distribua água durante os próximos shows.

O show desta sexta-feira foi o primeiro de três shows da artista no Engenhão. O próximo será neste sábado, 18. Segundo a empresa Climatempo, a temperatura ainda vai aumentar. A máxima prevista para este sábado no Rio é de 42ºC, dois graus a mais do que nessa sexta, que teve máxima de 40º e sensação térmica de quase 60º.

Em São Paulo, os shows estão agendados para os dias 24, 25 e 26 de novembro.

A T4F, organizadora do evento, publicou comunicado informando que promoverá “fornecimento de água gratuita nas filas e em todos os acessos e entradas ao estádio e no seu interior”. Confira a íntegra abaixo:


Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.