PUBLICIDADE

Madonna é processada após atraso em show por fãs que ‘tinham que acordar cedo’ no dia seguinte

Michael Fellows e Jonathan Hadden afirmam que show em Nova York em dezembro começou 2 horas depois do previsto e que precisavam ‘cuidar de suas responsabilidades familiares’

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Madonna está sendo processada por dois fãs de Nova York, nos Estados Unidos, por ter começado um show na cidade com atraso. Na acusação, eles afirmam que “tinham que acordar cedo” no dia seguinte à apresentação.

PUBLICIDADE

Segundo informações do jornal The Guardian, o processo foi aberto na última quarta-feira, 17, no Tribunal Federal do Brooklyn. Os fãs Michael Fellows e Jonathan Hadden dizem terem comprado ingressos para um show da Celebration Tour em 13 de dezembro na arena Barclays Center.

A apresentação deveria começar às 20h30, no horário local, mas a cantora só subiu ao palco cerca de 22h30, conforme informa o processo. Os dois teriam deixado o local já de madrugada, depois de 1h.

A cantora Madonna em apresentação no Morumbi, na zona sul de São Paulo, em 2008. Na ocasião, a cantora também se atrasou em quase 2 horas. Foto: Sérgio Castro/Estadão

Michael e Jonathan dizem que foram “deixados ilhados no meio da noite” e “confrontados com transporte público limitado, dificuldade de conseguir uma carona e/ou aumento dos custos de transporte público e privado”.

Segundo eles, o atraso no show afetou a habilidades deles de “cuidar de suas responsabilidades familiares no dia seguinte”. Além de Madonna, eles acusam o Barclays Center e a promotora Live Nation de “práticas comerciais inconscientes, injustas e/ou enganosas”.

Esta não é a primeira vez que a artista de 65 anos é processada por atrasos em shows. Em 2019, um fã alegou que o atraso na turnê Madame X foi uma quebra de contrato. Já em 2020, ela também foi processada por outros dois fãs de Nova York. Posteriormente, no entanto, as duas acusações foram arquivadas voluntariamente.

Até o momento, Madonna, o Barclays Center e a Live Nation não se pronunciaram sobre o assunto.

Publicidade

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.