PUBLICIDADE

Rock In Rio terá musical inspirado em sua própria trajetória para comemorar seus 40 anos

Sob criação de Roberto Medina, ‘Sonhos, Lama e Rock and Roll’ reviverá a idealização do festival em 1984

PUBLICIDADE

Foto do author Maria Eduarda Camargo
Por Maria Eduarda Camargo

Em comemoração aos 40 anos de Rock In Rio, em 2024, o festival trará um musical inspirado em sua própria trajetória. Sonhos, Lama e Rock and Roll é uma criação de Roberto Medina, e será exibido na Cidade do Rock, em um dos quatro palcos do festival.

Projeção 3D do cenário do musical 'Sonhos, Lama e Rock and Roll' Foto: Divulgação / Rock In Rio

PUBLICIDADE

Sonhos, Lama e Rock and Roll tem produção musical de Zé Ricardo e direção de Charles Möeller, e possui 35 minutos de duração. Ele será exibido durante todos os dias do festival, e promete levar o espectador aos bastidores da criação do Rock In Rio.

“O espetáculo mergulha no passado, rememorando o ano de 1984, quando a ideia de realizar um gigante festival de música internacional na cidade era vista como um sonho inalcançável”, comenta o presidente da Rock World (empresa responsável pelo Rock In Rio), Roberto Medina.

Charles Möeller, que é diretor geral e concebeu o musical, junto de Carlos Botelho, comentou sobre a experiência: “Fazer um musical em um festival deste tamanho é completamente diferente. É muito fascinante porque é tudo muito grandioso”.

A trilha, composta por Zé Ricardo, será “uma viagem musical” que passa pelas edições do festival no Rio de Janeiro e em Lisboa.

Cenário do musical 'Sonhos, Lama e Rock and Roll' Foto: Divulgação / Marcos Alonso

Qual é a história contada em Sonhos, Lama e Rock and Roll?

Na trama, a protagonista Maria Antônia Lobo é a estagiária de uma agência de publicidade em 1984. Lá, ela enfrenta o desafio de idealizar, junto de sua equipe, um festival de rock internacional no Rio de Janeiro, enquanto o País sofre com uma crise econômica e política.

* Estagiária sob supervisão de Charlise de Morais.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.