Ex-namorada de Matthew Perry pede reabertura de investigação sobre a morte do ator

Ela suspeita que alguém poderia estar drogando o astro do seriado ‘Friends’. Na época, polícia de Los Angeles concluiu que causa foi ‘acidental’

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação

Em entrevista ao jornal britânico The Mirror, Kayti Edwars, ex-namorada do ator Matthew Perry, levantou suspeita em relação ao inquérito que investigou a morte do ator, em 2023. Para ela, as causas que levaram o astro do seriado Friends deveriam ser investigadas novamente. Kayti, que namorou Perry em 2006, pediu às autoridades americanas a reabertura do caso.

Matthew Perry como Chandler Bing no seriado 'Friends'  Foto: NBC/Reprodução

PUBLICIDADE

Perry foi encontrado morto na banheira de sua casa, em Los Angeles, nos Estados Unidos, em 28 de outubro, aos 54 anos. A autópsia, na época, apontou que o ator morreu vítima de afogamento e “efeitos agudos de ketamina”, um anestésico que tem efeito alucinógeno.

A suspeita de Kayti, que foi assistente de Perry, é que uma equipe médica estivesse drogando o ator. Segundo ela, Perry tinha uma enfermeira em sua folha de pagamento. A profissional seria a responsável por aplicar no ator o medicamento Vicodin, usado para dor.

Para a ex-namorada do intérprete do personagem Chandler, Perry sabia persuadir as pessoas para que elas fizessem o que ele queria como, por exemplo, lhe fornecer doses extras de ketamina.

“Ele tinha um jeito de permitir que as pessoas fizessem coisas por eles, dizendo ‘vou te dar essa quantia em dinheiro se você ficar de boca fechada e me conseguir isso’”, declarou Kayti ao jornal.

Relembre o caso

Matthew Perry foi encontrado em uma jacuzzi na sua casa na região de Los Angeles, no dia 28 de outubro de 2023. Nenhuma droga foi encontrada pela polícia no local. O caso, então, seguiu para investigação.

Embora a polícia não tenha encontrado drogas ilícitas, havia na casa de Matthew Perry antidepressivos, ansiolíticos e um medicamento para doença pulmonar obstrutiva crônica - usado por quem tem enfisema ou bronquite crônica. Matthew foi fumante durante sua vida.

Publicidade

Em janeiro de 2024, as autoridades de Los Angeles afirmaram que não vão investigar mais as causas da morte do ator. O médico legista de Los Angeles também diz em seu site que o caso foi encerrado.

Segundo o laudo médico da autópsia, Perry morreu por “efeitos agudos da ketamina”, uma droga tranquilizante anestésica para animais de grande porte, como cavalos. A morte foi considerada acidental.

“Os fatores que contribuíram para a morte do Sr. Perry incluem afogamento, doença arterial coronariana e os efeitos da buprenorfina (usada para tratar o transtorno do uso de opióides)”, afirmou comunicado da polícia sobre o laudo.

O Chandler de Friends

O principal papel de sua carreira sem dúvida foi o Chandler, de Friends, o qual interpretou entre 1994 e 2004, quando a série foi ao ar protagonizada também por - Jennifer Aniston (Rachel), Courteney Cox (Monica), Lisa Kudrow (Phoebe), Matt Le Blanc (Joey) e David Schwimmer (Ross). O elenco se uniu notavelmente nas temporadas finais para obter um salário de US$ 1 milhão por episódio para cada um.

O personagem de Perry se destacava pelo humor sarcástico e teve ‘azar no amor’ durante as primeiras temporadas - o que foi superado nas seguintes por seu namoro com a personagem Monica (Cox), um marco para os fãs da série.

“Um personagem específico me chamava a atenção: não era que eu achasse que era capaz de interpretar Chandler; eu era o Chandler”, escreveu Matthew sobre o papel em seu livro.

A série foi um dos maiores sucessos da televisão e ganhou uma nova vida nos últimos anos em serviços de streaming.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.