Todos os continentes, 425 portos, 147 países: conheça o cruzeiro que viajará por três anos e meio

Itinerário deverá passar por 425 portos em 147 países, em todos os continentes

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O cruzeiro Villa Vie Residences, que viajará ao redor do mundo por três anos e meio, anunciou recentemente que deve partir no dia 15 de maio de 2024, de Southampton, na Inglaterra. O cruzeiro deverá passar por 425 portos em 147 países, em todos os continentes, ficando de dois a sete dias atracado nos destinos.

PUBLICIDADE

O navio anunciado para a viagem, batizado de Villa Vie Odyssey, tem oito decks e 485 cabines, e já passou por uma ampliação em 2009 e por uma remodelação em 2019. Segundo a empresa, por ser menor, o navio poderá muitas vezes atracar no coração dos destinos - e o seu casco mais plano permitirá o acesso também a outras vias navegáveis e rios.

A embarcação terá três restaurantes, oito bares e quatro lounges, uma piscina extensa, quatro jacuzzis, um spa e centro de fitness e uma biblioteca. Também terá um grande centro de negócios com escritórios privados, um centro de culinária educacional e interativo e um centro médico. Entre alguns dos destaques do cruzeiro estão um programa de golfe com simulador a bordo, internet fornecida pela Starlink e pela Viasat 3, além de música ao vivo, palestras e exibição de filmes, entre outros programas culturais.

Os passageiros terão a opção de comprar uma cabine para se juntar ao cruzeiro Villa Vie Residences, com preços variando de acordo com o tipo de acomodação: cabines internas têm preços a partir de US$ 99 mil, cabines com vista para o oceano, a partir de US$ 149 mil, e cabines com varanda, a partir de US$ 249 mil. Os donos de cabines também terão de pagar taxas mensais.

Aqueles que não quiserem comprar uma cabine poderão pagar por “segmentos” do itinerário da viagem - são 16 segmentos, que variam de 35 a 120 dias a bordo, com preços que começam em US$ 89 por dia por pessoa (para uma cabine interna).

De acordo com a CNN, quem comprar uma cabine terá 15 anos garantidos - que é o tempo de vida estimado do navio - já que o plano seria emendar um cruzeiro no outro, para que as pessoas passem sua vida no mar. “O Villa Vie não é apenas uma jornada; é uma nova forma de viver”, diz a empresa, em seu site.

O navio batizado de Villa Vie Odyssey, que viajará ao redor do mundo por três anos e meio.  Foto: Villa Vie Residences via villavieresidences.com


A CNN afirma que a Villa Vie foi criada por antigos membros da equipe executiva do cruzeiro Life at Sea, da Miray Cruises, que foi cancelado no dia 17 de novembro, a menos de duas semanas do embarque, após dois adiamentos. A Miray não teria conseguido concluir a aquisição do navio MV Lara para o cruzeiro, diz o veículo.

Publicidade

Ainda segundo a CNN, parte da equipe da Life at Sea, incluindo o diretor-gerente Mikael Petterson, teria saído da empresa em maio, cerca de dois meses após o cruzeiro ser anunciado, por conta de um desentendimento em relação ao navio que seria usado inicialmente, o MV Gemini.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.